26-06-2017

Por que seus sapatos de corrida cheiram mal e como remover o odor

Você conhece o problema: você gosta de práticas esportes, vai correr e volta para casa suado e sentindo-se bem. Você conseguiu atingir o seu ritmo, mas ao chegar em casa você percebe um cheiro desagradável em seus tênis. Como isso aconteceu?

A culpa é de uma bactéria. Na verdade, a mesma bactéria que faz suas axilas suarem também está fazendo seus tênis de corrida sofrerem. Nossos pés e mãos estão cobertos de glândulas sudoríparas, mas enquanto o suor pode evaporar de suas mãos, ele fica preso em nossas meias e sapatos.

“Assim como com todos os outros organismos, as bactérias precisam de fluído para prosperar e seu suor do pé faz esse trabalho perfeitamente”, explica Sara Landvik, que trabalha na Novozymes e é especialista em bactérias e outros micro-organismos.

Ela explica que nossa pele é coberta de bactérias, incluindo estafilococos, micrococos e Corynebacterium – e isso é bastante normal. Quando os pés suam, as Corynebacterium e micrococos quebram o suor e formam um ácido chamado ácido isovalérnico, o que provoca o cheiro em seus tênis de corrida.

“Eu não me preocupo que meus tênis de corrida fiquem com odor ruim porque, felizmente, há algo que podemos fazer para consertar isso”, diz Landvik.

Ela dá algumas dicas para resolver o problema. Confira os três passos para que seu tênis de corrida fiquem mais frescos:

  • Congelar: coloque seus sapatos no congelador para matar as bactérias, pois elas não podem suportar temperaturas frias.
  • Seco: os microorganismos prosperam em condições úmidas, então mantenha seus sapatos secos, por exemplo, enchendo-os com jornal após uma corrida.
  • Neutralizar: porque o cheiro em seus sapatos vem de ácido isovalérico, você pode neutralizá-lo com um alcalóide como bicarbonato de sódio. Polvilhe metade de uma colher de sopa inteira de bicarbonato de sódio em cada sapato e deixe-os agir durante a noite.

O que são bactérias?

As bactérias são organismos unicelulares microscópicos. Elas estão entre as primeiras formas de vida a aparecer na Terra e estão praticamente presentes em todos os lugares. Eles habitam o solo e a água e vivem em relações simbióticas com seres humanos, plantas e animais. As bactérias são extremamente importantes nos ecossistemas, onde são cruciais para manter a vida e decompor materiais orgânicos, como as plantas.

As bactérias podem fazer muito mais do que apenas causar odores em seus tênis. Empresas como a Novozymes utilizam bactérias por seus muitos benefícios. Por exemplo, bactérias e outros tipos de micróbios são usados ​​como fertilizantes naturais na agricultura. As soluções microbianas protegem as lavouras contra doenças e ajudam as plantas a crescerem melhor.

Matéria publicada originariamente no site da Novozymes

Novozymes, multinacional dinamarquesa, é líder mundial em biossoluções para diversos segmentos. Para isso, são utilizadas enzimas para acelerar processos de maneira mais sustentável. Assim, qualquer impacto ao meio ambiente é reduzido. Quer aprender mais sobre Biologia e Sustentabilidade? Então, acesse aqui no Bioblog.

2 comments

  1. Matéria bastante esclarecedora. Gostei muito.

    Responder
    1. Olá Carmen! Que bom que você gostou! Um abraço,

      Responder

Quer fazer um comentário?