29-07-2016

Os objetivos de desenvolvimento sustentável da ONU

 
Com a virada do milênio, no ano 2000, a Organização das Nações Unidas (ONU) criou os 8 Objetivos de Desenvolvimento do Milênio. Desde 2012, nas conferências do Rio + 20, chefes de Estado e de governo, juntamente com a ONU vêm avaliando os efeitos que o projeto iniciado nos anos 2000 causou. Em setembro de 2015, em Nova Iorque (EUA) começaram a ser analisados os novos desafios após a conclusão dos Objetivos do Milênio.
 
Entre os dias 25 e 27 de setembro do ano passado, a ONU, em parceria com os líderes mundiais, criou os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, com o objetivo de criar um novo modelo global com mais igualdade, menos pobreza, bem-estar e inclusão para todos e desenvolvimento sustentável, respeitando o meio ambiente, além de continuar e ampliar o trabalho feito nos últimos 15 anos. Os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável são:
 
1) Erradicar a pobreza: Até o ano de 2030, a ONU pretende acabar com a pobreza extrema (pessoas que vivem com menos de 1,25 dólares por dia) em todos os países do mundo, implementando em nível nacional um sistema de proteção social.
 
2) Erradicar a fome: Acabar com a fome em todos os países, garantindo o acesso à comida de qualidade e nutritiva, em quantidade suficiente, principalmente para os mais vulneráveis.
 
3) Saúde de qualidade: A ONU pretende reduzir a mortalidade materna global para menos de 70 mortes a cada 100.000 vivos. Além disso, a medida pretende reduzir as mortes infantis, evitáveis, causadas pelo trânsito, violência ou doenças.
 
4) Educação de qualidade: Garantir que, tanto meninos quanto meninas tenham acesso à educação livre, equitativa e de qualidade, que proporcione uma vida melhor.
 
5) Igualdade de gênero: Acabar com todos os tipos de discriminação contra meninas e mulheres, garantir seus direitos e terminar com a violência contra esse grupo.
 
6) Água potável e saneamento: Garantir o acesso à água potável e segura para todos, além disso dar saneamento básico e higiene para todos, especialmente para os grupos mais vulneráveis.
 
7) Energias renováveis e acessíveis: Visa facilitar o acesso fácil e barato para energias renováveis e incentivar seu uso na matriz energética global.
 
8) Trabalho digno e crescimento econômico: Meta que visa incentivar o crescimento econômico dos países (pelo menos 7% do PIB ao ano) através do oferecimento de trabalho digno para as populações.
 
9) Indústria, inovação e infraestruturas: Visa fomentar a inovação tecnológica e o aumento da infraestrutura, principalmente nos países mais pobres, visando apoiar a população e o desenvolvimento econômico.
 
10) Reduzir as desigualdades: O objetivo é promover a inclusão social e econômica de todos os grupos discriminados, para alcançar a igualdade.
 
11) Cidades e comunidades sustentáveis: A ONU busca garantir a todos o acesso à moradia e ao transporte digno, seguro e barato, de forma sustentável.
 
12) Produção e consumo sustentáveis: Visa a implementação de um Plano Decenal de produção e consumo sustentáveis, com a liderança dos países mais desenvolvidos.
 
13) Ação climática: Busca preparar melhor os países para desastres climáticos, com o intuito de salvaguardar a vida das pessoas.
 
14) Proteger a vida marinha: Essa meta busca reduzir a poluição dos mares e manter o equilíbrio biológico da vida marinha.
 
15) Proteger a vida terrestre: Busca a recuperação e o uso sustentável dos diversos ecossistemas, buscando sempre a preservação da vida e do equilíbrio biológico.
 
16) Paz, justiça e instituições eficazes: Meta que pretende reduzir todas as formas de violência, dar auxílio para grupos oprimidos, reduzir as guerras e conflitos e dar justiça para todos os povos.
 
17) Parcerias para implementação dos objetivos: A última meta visa fortalecer a mobilização de recursos materiais e humanos pelos diversos governos colaboradores para cumprir as metas apresentadas.
 
Temos que acreditar que os governos, assim como a sociedade, estão realmente dispostos a fazer um esforço conjunto para que todas essa metas possam ser atingidas. Sem a participação de todos os envolvidos no processo ficará muito difícil obter os resultados esperados. Espera-se que o ser humano coloque a mão na consciência, deixando o egoísmo de lado e se engajando na construção de um planeta e de uma sociedade mais sustentáveis no longo prazo.

3 comments

  1. Muito legal e impactante

    Responder
    1. Bom dia Jeronimo! Obrigada, é importante sabermos que a informação foi útil.

      Responder
  2. Sim, nós podemos faZer mais.

    Responder

Quer fazer um comentário?