01-09-2017

ONU promove competição sobre lixo plástico marinho

A ação busca destacar as boas ideias das áreas de engenharia, design, monitoramento marinho e comunicação, que promovam soluções para o problema do lixo marinho nos oceanos.

Até o dia 6 de outubro de 2017, estudantes universitários de todo o mundo podem se inscrever para participar do “Desafio de Inovação sobre Plástico Marinho 2017”, da Organização das Nações Unidas (ONU). A ação busca destacar as boas ideias das áreas de engenharia, design, monitoramento marinho e comunicação que promovam soluções para o problema do lixo marinho nos oceanos.

Segundo o portal sobre lixo marinho, Global Garbage, cerca de 13 mil dejetos plásticos flutuam para cada quilômetros quadrado de oceano, sendo que 6,4 milhões de toneladas de lixo desembocam neles a cada ano, causando imensos prejuízos à vida marinha e a limpeza das praias.

Esse é um problema que precisa ser combatido, e a iniciativa da ONU busca inovações que possam ajudar e estimular o combate ao problema. Os vencedores da competição serão convidados para participar da 6ª Conferência Internacional sobre Lixo Marinho, que será realizada em 2018, na cidade de San Diego, nos Estados Unidos.

 

Biotecnologia e a preservação do meio ambiente

Para contribuir com a manutenção do meio ambiente, é também importante utilizar soluções em biotecnologia com base na sustentabilidade. No Brasil, a Novozymes atua no segmento de maneira ampla, oferecendo a empresas de vários segmentos um portfólio com mais de 700 produtos. O Bioblog apresenta conteúdos importantes sobre Biologia, Bioinovação e Sustentabilidade. Acesse já: https://www.bioblog.com.br/.

Quer fazer um comentário?