Sustentabilidade

Iniciativa ”InsuResilience” quer ajudar 400 milhões de pessoas mais pobres e vulneráveis até 2020

As mudanças climáticas atingem diretamente a sobrevivência das pessoas que precisam reconstruir suas vidas a cada evento ambiental danoso.

As mudanças climáticas causam imensos problemas à vida cotidiana: poluição, aumento da temperatura, chuvas intensas, secas intermitentes, entre tantos outros fatores que afetam a economia, a saúde e a subsistência de pessoas em todo o mundo, principalmente, das mais pobres e vulneráveis.

Muitas catástrofes provocadas pelas mudanças climáticas, como tempestades, aumento no nível das águas, entre outros, deixam milhares de mortos todos os anos. Se isso não bastasse, esse cenário atinge diretamente a sobrevivência das pessoas que precisam reconstruir suas vidas a cada evento ambiental danoso.

Para tentar ajudar pessoas em todo o mundo, o Grupo dos Sete (G7), integrado pela Alemanha, Canadá, Estados Unidos, França, Itália, Japão e Reino Unido, lançaram em 2015 a Iniciativa InsuResilience, que visa ajudar os países que passam por catástrofes a dar uma resposta pós-desastre mais rápida, além de contribuir para o desenvolvimento de soluções preventivas diante dos inúmeros riscos de desastres climáticos.

No final de 2017, durante a COP23, a Iniciativa anunciou um aporte de mais de 125 milhões de dólares para apoiar a provisão de seguros para 400 milhões de pessoas mais pobres e vulneráveis até 2020, em uma nova parceria, agora, do G20 e V20 (os 20 países mais vulneráveis às mudanças climáticas), que são o Afeganistão, Bangladesh, Barbados, Butão, Costa Rica, Timor Leste, Etiópia, Gana, Quênia, Kiribati, Madagascar, Maldivas, Nepal, Filipinas, Ruanda, Santa Lúcia, Tanzânia, Tuvalu, Vanuatu e Vietnã. Com isso, a iniciativa passou a ser global, contando ainda com o apoio do Banco Mundial.

A secretária executiva da ONU sobre mudanças climáticas (UNFCCC), Patricia Espinosa, disse que esta aliança global representa um importante exemplo de conquistas que podem ser alcançadas quando governos, a sociedade civil e o setor privado unem suas forças.

Colocando em prática os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

A Iniciativa InsuResiliense é uma mostra de como é possível unir forças para colocar em prática os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), como o ODS17, que tem como uma das metas reforçar a parceria global, complementada por parcerias multissetoriais que mobilizem e compartilhem conhecimento, expertise, tecnologia e recursos financeiros, para apoiar a realização dos ODS em todos os países, particularmente, nos países em desenvolvimento.

Gostou desse artigo? Curta, compartilhe e comente aqui. Participe enviando sua opinião.

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *