13-12-2016

O uso de enzimas para ração de pets

Além de melhorar o sistema imunológico de animal, as enzimas utilizadas na produção de ração colaboram para o controle de peso e prevenção de doenças.

As enzimas são conjuntos orgânicos que aceleram as interações químicas em organismos vivos. Na indústria de alimentos são utilizadas na conservação da forma e do sabor dos produtos, podendo potencializar ou anular nutrientes, de acordo com a necessidade dos consumidores.

Nutrição dos pets

No ramo de comida para animais de estimação, a aplicação é a mesma. A grande demanda de produtos alimentícios feitos para os pets é o que tem levado as indústrias do ramo a investir cada vez mais em soluções que agradem tanto aos bichos, quando aos seus donos.

O procedimento com as enzimas acentua a qualidade do sabor e do aroma dos alimentos. Como os animais têm paladar e olfato mais apurados, o uso de enzimas para essas medidas é muito eficaz. Mas os benefícios de agregá-las na alimentação dos pets vão além.

Vantagens

As enzimas são utilizadas na fabricação de rações, servindo para potencializar ou inibir certas substâncias presentes no alimento, agindo como prevenção de doenças e reações desagradáveis de digestão, por exemplo.

Responsáveis por produzir energia no processo alimentar, as enzimas atuam na mudança de metabolismo e são usadas a favor da saúde do pet. Elas ajudam na melhor absorção de nutrientes e vitaminas, dão saciedade, auxiliam a controlar o peso e na formação e manutenção de tecidos como dentes, articulações e músculos. Sem falar no fortalecimento do sistema imunológico do animal.

Qualidade de vida

Algumas enzimas se destacam em nível de importância ao serem agregadas à ração dos pets. A lipase que facilita a digestão de gorduras, a protease, no caso das proteínas e a amilase que age na digestão dos carboidratos. Elas trazem melhor qualidade de vida para os animais.

A carência de enzimas na alimentação dos pets provoca desequilíbrio das funções metabólicas, fazendo com que o organismo crie estratégias para a sua manutenção. O corpo desvia enzimas essenciais de outras partes do organismo, causando danos. Outro risco é que toxinas não sejam eliminadas completamente, podendo causar mal estar e até mesmo adoecer o animal.

Biosoluções

O corpo produz enzimas para a digestão, porém é importante um suplemento por meio da ingestão. As enzimas podem ser encontradas naturalmente em alimentos crus, no entanto, no caso das rações elas são produzidas em laboratório, com a cultura de micro-organismos vivos como os fungos e as bactérias, tão importantes no processo digestivo.

Para saber mais sobre a aplicação das enzimas na alimentação dos pets, acesse o Bioblog http://www.bioblog.com.br/ e fique por dentro desse e outros assuntos. Esse é o blog da Novozymes, empresa multinacional, destaque no segmento de enzimas industriais.

Quer fazer um comentário?