13-12-2016

As vantagens de carros com motor flex

O etanol é um biocombustível de origem vegetal e polui menos o meio ambiente diminuindo assim, os gases de efeito estufa.

A expressão flex é usada para designar carros com motores que funcionam com dois tipos de combustível, simultaneamente ou em separado, com bom desempenho. Os tradicionais nessa combinação são a gasolina e o etanol, extraído da cana de açúcar.

Os veículos bicombustíveis surgiram para proporcionar uma alternativa de abastecimento mais acessível, com uma opção não derivada do petróleo e menos poluente aumentando, assim, o consumo do etanol.

Optar pela compra de um carro flex oferece vantagens, como, por exemplo, a liberdade para economizar. O motorista pode abastecer de acordo com as suas necessidades, escolhendo o combustível que melhor se encaixe nas suas condições.

A escolha, no entanto, deve ser feita de acordo com a diferença de preços entre as opções e também com base no desempenho do veículo por litro de acordo com cada tipo de combustível. Quem adquire um carro com motor flex, ganha em vantagens e autonomia, podendo escolher que combustível usar e como, não ficando refém do mercado.

Vantagens da utilização do etanol

  • Menor emissão de poluentes

O etanol é também chamado de biocombustível ou combustível limpo, justamente por ser de origem vegetal e poluir menos o meio ambiente do que os de origem fóssil, a gasolina e o diesel. O etanol emite quase 90% menos poluentes do que a gasolina, o que diminui consideravelmente o aquecimento global. Já os gases resultantes da queima de combustíveis fósseis aumentam o chamado efeito estufa, o que contribui muito para os desequilíbrios ambientais.

Por ser de origem vegetal, o etanol produz menos gás carbônico (CO2), que pode ser absorvido pelas plantas. Os combustíveis resultantes do petróleo emitem um teor maior de CO2, dificultando a sua absorção e causando danos à natureza.

  • Menos prejuízos à saúde

Outros gases prejudiciais à saúde são lançados na atmosfera por meio da queima de combustíveis como a gasolina e o diesel, causando desde náuseas e doenças respiratórias, até cânceres. O etanol também emite essas substâncias, porém, em escalas muito menores.

  • Sustentabilidade

O etanol é um combustível sustentável, pois sua fonte é perpétua. Basta que se plantem as matérias-primas para que ele seja produzido. No caso dos combustíveis fósseis, a tendência é a escassez.

Biosoluções

A fabricação do etanol gera resíduos capazes de originar outros tipos de energia como a elétrica e a mecânica. A esse resultado, dá-se o nome de bioenergia. Para saber mais sobre a Novozymes, empresa Dinamarquesa, líder em biosoluções e sobre a utilização de biocombustíveis e sustentabilidade, acesse o Bioblog: http://www.bioblog.com.br/.

Quer fazer um comentário?