12-05-2017

Aliança Novozymes e DSM tem mais de 20 anos e, em 2016, promoveu a redução de 3,1 m Toneladas de CO2 Eq

  • Uma história de sucesso no fornecimento e distribuição de enzimas voltadas para alimentação animal;
  • Empresas reuniram 70 pessoas, entre clientes, consultores, professores em Curitiba para a sexta edição do Fórum de Enzimas;
  • Participantes chegaram do Chile, Argentina, Paraguai, Uruguai, Bolívia e Brasil;

Curitiba, 12/05/2017 – Em um mercado altamente competitivo, duas importantes empresas que atuam no fornecimento de insumos para o agronegócios, no mundo, a Novozymes, multinacional dinamarquesa líder no segmento de enzimas e micro-organismos e a DSM, empresa global que atua nas áreas de saúde, nutrição e materiais, mostram como é possível unir forças em busca de soluções mais sustentáveis, visando a promoção da economia verde e o oferecimento de insumos de alto valor agregado que influenciam, positivamente, em toda uma cadeia de negócios.

Para comemorar os mais de 20 anos de uma aliança inusitada, entre a indústria e enzimas e a de nutrição animal, as duas empresas realizaram, nos dias 26 e 27 de abril de 2017, em Curitiba, no Paraná, a sexta edição do Fórum de Enzimas, reunindo mais de 70 participantes, entre clientes, professores, pesquisadores, consultores, vindos de países como Chile, Argentina, Paraguai, Uruguai, Bolívia e Brasil.

Reconhecidas como empresas orientadas para a sustentabilidade, elas estão unidas no desenvolvimento de soluções que contribuam para uma mudança drástica da realidade produtiva, como os riscos de redução dos rendimentos na agricultura, a perda de nutrientes dos solos, os impactos nas mudanças climáticas, como o aumento dos níveis do mar, emissão de gases de efeito estufa, causados pelas pessoas, aliados à expectativa de aumento da população mundial para 10 bilhões de seres humanos até 2050.

Neste cenário, as empresas se empenham para auxiliar nas diretrizes da FAO – Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura, que apresenta propostas para a mudança dessa realidade, como a redução da alteração do uso da terra de cultivo de alimentos para animais, melhorar a eficiência da produção agrícola, bem como da produção e fornecimento de energia, reduzir o uso de sistemas de manejo de dejetos líquidos descobertos, melhorar a conversão alimentar de cada animal e proporcionar uma alimentação animal balanceada.

A aliança Novozymes e DSM é um acordo exclusivo e global. Nos termos do acordo, a Novozymes desenvolve e produz enzimas para alimentação animal enquanto a DSM comercializa e vende as enzimas. A parceria abrange princípios especiais, como estrutura de governança, fornecimento e distribuição de produtos, direitos de propriedade intelectual, participação nos lucros, entre outros.

Bom para o planeta e para o empresário de agronegócios

Há mais de 20 anos, a Novozymes e a DSM investem esforços para oferecer soluções que melhorem o desempenho dos animais e proporcionem uma alimentação balanceada. Isso é feito a partir do uso de enzimas na produção desses alimentos, oportunizando uma alimentação voltada para reduzir o uso de antibióticos, bem como reduzir o uso de fósforo e, assim, gerar menor impacto de dejetos poluentes em solos, rios e lagos. Além disso, o processo produtivo favorece uma maior economia, com menor uso de ingredientes na ração.

Em 2016, a aliança entre as empresas proporcionou aos seus clientes a redução de pegada de carbono em 3,1 m toneladas de CO2 Eq, o que é equivalente a 80.123.632 árvores cultivadas em 10 anos, ou a troca de 1909.512.609 lâmpadas incandescentes por LED, e ainda ao uso de 1.288.990 automóveis durante um ano, e, por isso, durante o Fórum de Enzimas, os clientes das empresas receberam um reconhecimento especial por suas ações sustentáveis durante o ano.

Sobre a Novozymes:

A Novozymes é uma multinacional dinamarquesa de referência na produção de enzimas e microrganismos para indústrias de diversos setores, focada na área de biologia e sustentabilidade, primando pela manutenção do meio ambiente por meio da integração de práticas sustentáveis. No Brasil, a empresa tem sedes industriais em Araucária e Quatro Barras (Paraná) e escritórios em São Paulo e Brasília. A companhia ainda mantém um canal informativo direto, o Bioblog, que oferece conteúdos sobre o uso de enzimas nas indústrias, Biologia, sustentabilidade e meio ambiente (www.bioblog.com.br). A empresa também está entre as 100 empresas mais inovadoras no mundo no ranking da Forbes.

Sobre a DSM:

A Royal DSM é uma empresa mundial baseada na ciência, com atividades nas áreas de saúde, nutrição e materiais. Ao associar suas competências sem igual em Life Sciences e Materials Sciences, a DSM gera prosperidade, progresso ambiental e avanços sociais para criar valor sustentável para todos os envolvidos simultaneamente. A DSM oferece soluções inovadoras que alimentam, protegem e melhoram o desempenho em mercados mundiais como alimentos e suplementos dietéticos, cuidados pessoais, rações, dispositivos médicos, peças automotivas, tintas, componentes elétricos e eletrônicos, proteção da vida, energia alternativa e materiais biológicos. A DSM e suas empresas associadas têm faturamento líquido anual de cerca de 10 bilhões de euros, com aproximadamente 25.000 funcionários. As ações da empresa são negociadas na Euronext Amsterdã.

Quer fazer um comentário?