21-07-2017

Adolescentes de Paranaguá mostram na prática como é possível fazer a diferença

Estudantes do Colégio Sesi-Pr colocaram, literalmente, a mão na massa! E mostram como é possível – e simples – colocar em prática projetos que atendem aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

 Curitiba, 21/07/2017 – Diretamente da cidade de Paranaguá, no litoral paranaense, dois exemplos que mostram como é possível fazer a diferença na comunidade e colocar em prática ações que contribuam para atender aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Após a finalização na participação de uma oficina oficina sobre os ODS, que teve como inspiração o app-book Ostras, da Coleção Novozymes Nova Perspectiva, eles aproveitaram para executar o experimento científico estimulados pelo livro-aplicativo e apostaram na criação de uma composteira e de uma hora em uma creche da cidade, na qual plantaram sementes de alface e salsa utilizando a terra e o adubo que eles mesmo criaram a partir do experimento.

O aluno Alex Douglas compartilhou conosco como foi fazer parte desta iniciativa social: “Posso dizer que essa oficina foi a melhor que fiz durante esses anos no SESI, pois ela engloba algo que eu gosto muito, a tecnologia, mostrando que a mesma pode ser trabalhada em conjunto com a educação, além de expor algo que é preocupante, a escassez dos recursos naturais aliado ao aquecimento global, e a desigualdade social perante a pobreza, a fome e a falta de água potável e saneamento básico a todos. E mostrar ações para reduzir e combater isso. Ao final da oficina fizemos a finalização, a sala entrou em um debate para decidir qual seria, e foi decidido que faríamos uma ação social em uma creche.”

A segunda iniciativa é o experimento científico estimulado pelo terceiro app-book da coleção, o Rei do Rio de Ouro, e executado pelo aluno Alex Douglas Severo Vieira, que conta em um vídeo como é fácil e possível desenvolver esse projeto em prol da Mata Ciliar.

Sobre a iniciativa

Os livros-aplicativos integram o projeto EDUCAÇÃO, uma iniciativa da multinacional dinamarquesa, Novozymes, que mantém, desde 2015, esse projeto com com o compromisso de educar e impactar, até 2020, 1 milhão de pessoas no mundo sobre o potencial da Biologia. O Brasil é uma parte representativa desse esforço já que a Biologia pode ajudar a criar um mundo melhor.

Para colocar em prática essa conscientização, a empresa aposta na educação, por isso, a primeira etapa brasileira do projeto foi desenvolvida em parceria com o SESI-Pr, com a Storymax e um grupo de cientistas e professores experientes, que desenvolveram três livros aplicativos. Cada um deles traz um conto clássico da literatura mundial como forma de promover a reflexão dos leitores sobre um dos temas abordados, como erradicação da fome, da pobreza e acesso à água limpa e saneamento básico para todos. Além disso, os livros-aplicativos também trazem sugestões de atividades extras que podem ser conduzidas por professores em sala de aula.

Os três livros aplicativos fazem parte da Coleção Novozymes Nova Perspectiva que foca, além da promoção da leitura, a mostrar como é possível realizar um experimento científico que possa contribuir para o desenvolvimento da comunidade local. Os materiais podem ser baixados gratuitamente e você pode conhecer mais sobre eles na página exclusiva do projeto EDUCAÇÃO (www.bioapp-novozymes.com.br).

O projeto já impactou, apenas no Brasil, mais de 23 mil pessoas e tem como meta, este ano, atingir 25.000 para explicar como a Biologia pode contribuir com o desenvolvimento do mundo. A iniciativa já alcançou também leitores na Inglaterra, Venezuela, Vietnam, Israel, Uzbequistão, Paquistão, além do Brasil e já somam mais de mil e seiscentas horas de leituras.

Sobre a Novozymes:

A Novozymes é uma multinacional dinamarquesa de referência na produção de enzimas e microrganismos para indústrias de diversos setores, focada na área de biologia e sustentabilidade, primando pela manutenção do meio ambiente por meio da integração de práticas sustentáveis. No Brasil, a empresa tem sedes industriais em Araucária e Quatro Barras (Paraná) e escritórios em São Paulo e Brasília. A companhia ainda mantém um canal informativo direto, o Bioblog, que oferece conteúdos sobre o uso de enzimas nas indústrias, Biologia e Sustentabilidade (www.bioblog.com.br). A empresa também está entre as 100 empresas mais inovadoras no mundo no ranking da Forbes.

 

Quer fazer um comentário?