29-09-2017

Sustentabilidade, mais que uma tendência, é a estratégia das empresas de produtos para limpeza

Aquecimento global, impactos ambientais e desenvolvimento social nunca foram tão abordados nos noticiários como atualmente e as empresas do segmento de limpeza estão atentas a esta realidade que, mais do que uma tendência, é uma estratégia para atender às demandas do consumidor

 

Cidade do Panamá, 29 de setembro de 2017 – nos dias 26 e 27 de setembro foi realizada, na Cidade do Panamá, a primeira edição do ELALI, Encuentro Latinoamericano de Limpieza e Innovación, organizado pela Novozymes, para debater diversos temas relacionados ao mercado de limpeza, desde assuntos técnicos, tendências regulatórias e de consumo, comunicação e marketing, entre outros.

Mais de 15 palestrantes, de diversas nacionalidades, compuseram a agenda que reuniu aproximadamente 100 importantes formadores de opinião, clientes e parceiros da Novozymes que vieram de diversos países da América Latina e também dos Estados Unidos e Dinamarca.

Rene Garza Gomez, VP de Household Care Americas da Novozymes, falou sobre a estratégia do evento. “Já realizamos atividades similares em outros lugares, mas a escolha do Panamá foi estratégica. Neste ano tivemos a presença dos mais importantes stakeholders da Novozymes, isso nos permitiu uma discussão aprofundada sobre tendências e o mercado da América Latina para a limpeza, o que estou certo que agregou muito para os presentes. Na Novozymes um de nossos objetivos é trabalhar em parceria com nossos distribuidores e clientes, e acredito que o ELALI cumpriu com o propósito de ser um evento de integração”, comentou.

Por reunir formadores de opinião de diversas organizações do ramo, bem como associações e empresas de gestão estratégica de marketing, o ELALI é uma rica fonte de informação para os produtores ou simpatizantes do mercado de limpeza, o que ficou muito claro desde as primeiras apresentações.

“ELALI foi um evento muito informativo e divertido. A Novozymes conseguiu reunir as principais partes interessadas em toda a cadeia de valor do setor de limpeza, tanto que tivemos fornecedores, clientes, associações e líderes de opinião chave para o mercado da América Latina em um só lugar. Embora a política na América Latina ainda seja algo incerto, percebo que o setor de limpeza está pelo menos no caminho certo para tentar atingir seu potencial e aguardo com expectativa inovações de valor nesta indústria”, ressaltou Ian Bell, Head de Cuidados Domésticos da Euromonitor.

Um dos temas mais debatidos foi a sustentabilidade aplicada à inovação dos produtos de limpeza. “As novas gerações de consumidores estão mais atentas às causas que promovem a sustentabilidade e demandam produtos que estejam alinhados com estes mesmos princípios. As embalagens fabricadas com menos matéria prima e menor pegada de carbono, mas, que cumpram com os padrões de qualidade, serão as que vão se sobressair em termos de lembrança de marca e gerarão um apego emocional com os consumidores”, ressaltou Carlos Londono, Gerente de Design LATAM da AMCOR, um dos palestrantes do evento.

Ainda sobre o tema da sustentabilidade, Ian ressaltou que é uma demanda global: “Embora os conceitos básicos das necessidades dos consumidores possam ser considerados bastante globais, as características e funcionalidades mais específicas relacionadas aos produtos são geradas pela renda, acessibilidade e prioridade, mas ao mesmo tempo relacionadas às necessidades e preferências locais. Em geral, os consumidores exigem produtos que sejam seguros de usar, eficazes, economizem tempo e, cada vez mais, mais gentis para o meio ambiente. Agora, mais do que nunca, a sustentabilidade representa uma mentalidade e as empresas precisam abraçar como parte de uma estratégia vencedora futura”, explicou o Head da Euromonitor.

O evento foi encerrado pelo Vice Presidente da área de Household Care da Novozymes que convidou os participantes a refletir sobre a responsabilidade do setor: “nossa indústria é muito especial, nossas soluções atingem praticamente todos os lares do mundo, é um grande privilégio que temos em mãos. Mas, este privilégio vem com responsabilidade, a de atender as necessidades de nossos clientes de forma a não causar danos ao meio ambiente, focados na inovação de produtos, processos e modelos de negócio”, ressaltou Rene Garza Gomez.

 

Quer fazer um comentário?