Sustentabilidade

Sistema SisVuClima vai ajudar o país a avaliar a vulnerabilidade climática

Ministério do Meio Ambiente e Fiocruz lançam o sistema SisVuClima que reúne dados como exposição ambiental, doenças e condições demográficas dos municípios brasileiros.

Um novo sistema, o SisVuClima, criado pelo Ministério do Meio Ambiente em parceria com a Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz), financiada pelo Fundo Nacional sobre Mudança do Clima, vai ajudar a orientar a criação de políticas públicas em cerca de 1.200 municípios brasileiros, dos estados do Paraná, Amazonas, Maranhão, Pernambuco, Espírito Santo e Mato Grosso do Sul, voltadas ao combate das mudanças climáticas.

No SisVuClima é possível obter dados sobre a capacidade de adaptação dos municípios, além da exposição ambiental, sensibilidade, fatores externos, doenças e condições demográficas, possibilitando a criação de propostas que ajudem a administração púbica e sociedade civil a realizar um planejamento de ações a médio e longo prazos para reduzir os impactos das mudanças climáticas nos estados.

A iniciativa é resultado de uma parceria entre o Ministério do Meio Ambiente, por meio da Secretaria de Mudança do Clima e Florestas, e a Vice-Presidência de Ambiente, Atenção e Promoção à Saúde da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz/Ministério da Saúde), financiada pelo Fundo Nacional sobre Mudança do Clima.

O Ministério do Meio Ambiente defende que a mudança do clima precisa ser vista de forma integrada, tendo em vista a erradicação da pobreza, a qualidade de vida e a geração de oportunidades de trabalho. “Para que o Brasil consiga cumprir com compromissos internacionais como a Agenda 2030, proposta pela ONU, e o Acordo de Paris”.

O Projeto Construção de Indicadores de Vulnerabilidade da População como Insumo para a Elaboração das Ações de Adaptação à Mudança do Clima no Brasil teve início em 2014, com o objetivo de facilitar a identificação de populações e territórios vulneráveis à mudança do clima no Brasil, além de desenvolver um modelo conceitual e uma ferramenta de análise (sistema de indicadores socioambientais e plataforma de cálculo) para avaliar a vulnerabilidade da população dos municípios.

O SisVuClima foi criado para automatizar o cálculo e a geração de mapas temáticos utilizados na construção do Índice Municipal de Vulnerabilidade Humana à Mudança do Clima dos municípios do estudo, como, também, permitir a atualização e inserção de novos dados, o cálculo de novos índices e acompanhar a sua evolução. O sistema é composto por três módulos: cadastro de informações necessárias para o cálculo dos indicadores, a geração dos índices e subíndices e a visualização de resultados por meio de mapas temáticos, tabelas e gráficos. Uma das análises feitas a partir do software se relaciona à pobreza, considerando o acesso da população a serviços de saúde, educação e qualidade de vida.

O sistema torna possível, com cerca de 64 tipos de informações, que o gestor público faça a avaliação em seu estado, podendo usar essa ferramenta para aplicar seus recursos financeiros a partir de critérios técnicos e objetivos.

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *