Sustentabilidade

Pesquisadoras criam cola atóxica a partir da cana-de-açúcar

Por um “descuido” a pesquisadora Naima Orra criou uma supercola, a partir da cana-de-açúcar, que é atóxica

A BBC Brasil divulgou uma ótima notícia no começo do mês de julho. Por “acidente” uma pesquisadora estagiária descobriu uma nova cola feita com bagaço de cana-de-açúcar. Naima Orra, que era estagiária do Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM), foi a responsável pela descoberta, que depois contou com a orientação da pesquisadora Rubia Figueiredo Gouveia, do Laboratório Nacional de Nanotecnologia.

Depois de um mês de testes elas conseguiram chegar à fórmula final que será patenteada e poderá ser comercializada. E a melhor notícia é que o produto é atóxico e tem a mesma eficiência dos demais produtos existentes no mercado.

Ao reutilizar os resíduos das indústrias, que descartam o bagaço da cana, outra grande vantagem é que a descoberta também auxiliará para que sejam diminuídas a extração do látex das árvores seringueiras o que, em curto e longo prazo, é uma grande notícia para o meio ambiente.

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *