Alimentos e Bebidas

Pesquisador da Embrapa ensina a montar um desidratador de alimentos de baixo custo

Saiba como montar um desidratador de alimentos de baixo custo para frutas, legumes, tubérculos e outros

O pesquisador da Embrapa, Félix Cornejo, ensina como fazer um desidratador de alimentos de baixo custo. O passo a passo completo pode ser conferido na publicação gratuita “Construa você mesmo um desidratador de alimentos”, publicado pela Embrapa Agroindústria de Alimentos.

Você pode aprender a desidratar frutas, plantas medicinais, ervas aromáticas, condimentos, legumes e tubérculos. Segundo o pesquisador, apesar de a desidratação ser uma das técnicas mais antigas de conservação de alimentos, o procedimento continua atual e eficaz. “Esse trabalho visa suprir uma demanda de tecnologias para atender à pequena produção que dispõe de poucos recursos financeiros”, diz.

Ele ainda diz que o processo de construção de um desidratador é relativamente fácil, já que as peças para a montagem são simples e podem ser facilmente encontradas no comércio. Félix explica que o sistema de secagem é montado dentro de uma caixa de isopor, onde é instalado o sistema de aquecimento com ventilação e uma estrutura de tubos de PVC com bandejas. “O aquecimento e a circulação do ar de secagem são realizados por um aquecedor de ambiente composto por resistências elétricas e ventilação”. A orientação é de que a desidratação deve ser feita separadamente para cada tipo de matéria-prima.

Por exemplo, as frutas colocadas no desidratador devem ter um tamanho uniforme, e que sejam utilizadas temperaturas de 40º a 50°C para vegetais folhosos e condimentos e de 60º a 70°C para frutas, legumes e tubérculos. A temperatura pode ser ajustada no próprio aquecedor.

Para conferir o passo a passo de como construir seu próprio desidratador clique aqui. A Embrapa ainda disponibiliza um canal para tirar dúvidas: Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC) em https://www.embrapa.br/fale-conosco/sac

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *