06-09-2017

Pesquisa mostra que 44% dos entrevistados não leu nenhum livro nos três meses anteriores

Livros aplicativos são uma alternativa para fomentar o interesse pela leitura

Os números da leitura no Brasil ainda assustam. A pesquisa Retratos da Leitura, realizada pelo Instituto Pró-Livro, destaque que 44% das pessoas ouvidas pelas entidade não leu nada nos três meses anteriores à consulta. Outro índice preocupante é a posição do país no teste de leitura do Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (Pisa), ficando no 59º lugar.

Mas um dado positivo apontado pelo Pró-Livro é com relação aos livros digitais. Atualmente o Sudeste atinge o topo da lista com mais leitores deste tipo de mídia (48%), seguido do Nordeste (23%), depois Sul (12%), Centro-Oeste (10%) e Norte (7%).

Outro detalhe é que a maioria dos leitores de livros eletrônicos são homens, cursando Ensino Superior e com idade entre 18 e 29 anos. Dentre os leitores de livros digitais, 91% afirmam terem lido pelo menos um livro, em papel ou digital, inteiro ou em parte, nos últimos três meses, e 61% declararam “gostar muito” de ler. Estes resultados indicam que o leitor de livros digitais é o leitor assíduo que tem passado a realizar suas leituras também no formato eletrônico.

Os livros digitais são grandes incentivadores da leitura. O mesmo acontece com os livros aplicativos da Coleção Novozymes Nova Perspectiva. A coleção une a tecnologia, Biologia e Literatura em 3 livros aplicativos, elaborados com a ajuda de professores e cientistas experientes, feitos em parceria com o SESI-Pr e a StoryMax. Os aplicativos visam engajar os leitores a refletir sobre os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e sobre como a Biologia pode contribuir com a solução de diversos problemas da humanidade.

O primeiro livro aplicativo tem como título “Frritt-Flacc”, é uma adaptação da obra do escritor Jules Verne. O segundo livro aplicativo traz um outro clássico, do russo Anton Tchékhov, intitulado como “Ostras”, a obra busca estimular o leitor a refletir sobre a erradicação da fome (ODS 2). O terceiro livro traz um conto do inglês John Ruskin, “O Rei do Rio de Ouro”, tratando do tema: água limpa e saneamento (que faz parte do ODS 6).

Todos os apps books são gratuitos e já vêm em três traduções de especialistas em literatura e educação – em português, inglês e espanhol. Conheça mais sobre este projeto acessando a página: http://www.bioapp-novozymes.com.br

Quer fazer um comentário?