Sustentabilidade

Pacto Global de Mídia vai conscientizar sobre os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

O Pacto é uma iniciativa das Nações Unidas, em colaboração com a Fundação ONU e o apoio da FleishmanHillard.

A Organização das Nações Unidas (ONU) anunciou o lançamento do Pacto de Mídia dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), uma iniciativa para marcar um novo rumo para avançar na conscientização dos ODS, unanimemente adotados por todos os líderes do mundo na ONU em 2015. O Pacto busca inspirar empresas de mídia e entretenimento de todo o mundo a alavancar seus recursos e talento criativo para promover o avanço das metas.

Em evento de lançamento na sede da ONU, paralelo à Assembleia Geral, a presidente do Grupo de Mídia da Nigéria, Olusola Momoh, apresentou o pacto ao secretário-geral da ONU, António Guterres, falando em nome de 30 empresas que reúnem mais de 100 estabelecimentos de mídia e entretenimento.

Coletivamente, os fundadores do Pacto Global de Mídia alcançam uma audiência muito grande em mais de 80 países de quatro continentes e a expectativa é que outras empresas façam parte da iniciativa. “Juntos, nos comprometemos a fazer nossa parte para alcançar os ODS”, ela acrescentou.

“Alcançar os objetivos até 2030 irá requerer ações coordenadas de todos. Ao contar histórias, a mídia informativa e de entretenimento tem um papel crucial em multiplicar mensagens e propagar novos formas de comportamento”, afirmou a subsecretária-geral das Nações Unidas para as Comunicações Globais, Alison Smale, no lançamento do evento.

O Pacto de Mídia dos ODS é inclusivo e tem por objetivo envolver empresas de mídia de todas as regiões e plataformas. Organizações participantes terão a oportunidade de criar parcerias de conteúdo com as Nações Unidas e por meio delas irão ampliar esforços para fomentar e compartilhar conteúdo de mídia relevante e oportunidades de interesse jornalístico relacionadas aos ODS. Monitoramento regular e encontros de revisão irão avaliar o engajamento.

O Pacto é uma iniciativa das Nações Unidas, em colaboração com a Fundação ONU e o apoio da FleishmanHillard.

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *