Outros

OMS propõe plano para diminuir o sedentarismo até 2030

O plano é um esforço conjunto da sociedade, governos e organizações para diminuir as chances de aquisição de doenças crônicas devido ao sedentarismo

A Organização Mundial de Saúde (OMS) diz que é preciso diminuir o sedentarismo e propõem algumas medidas governamentais para incentivar a prática de atividades físicas, que devem ser implementadas até 2030. É um esforço conjunto da sociedade, governos e organizações para diminuir as chances de aquisição de doenças crônicas.

Em todo o mundo, 20% dos adultos e 80% dos adolescentes não praticam exercícios com frequência e intensidade adequadas para sua faixa etária. A agência da ONU recomenda que crianças e adolescentes de cinco a 17 anos pratiquem pelo menos 60 minutos diários de atividade física — moderada a intensa. Pelo menos três vezes na semana, os exercícios devem incluir atividades que fortaleçam os músculos e os ossos. Quatro em cada cinco jovens de 11 a 17 anos são considerados insuficientemente ativos pela OMS.

Entre os adultos, a prática de atividade física moderada deve chegar a pelo menos 150 minutos ao longo da semana. Caso a pessoa prefira atividades intensas, a duração cai para pelo menos 75 minutos semanais. Também é possível combinar exercícios que exigem mais ou menos do corpo. Atividades para o fortalecimento da musculatura devem ser feitas em dois ou mais dias da semana e contemplar os grandes grupos musculares.

A atividade física regular é fundamental para prevenir e tratar doenças crônicas não transmissíveis, como as cardíacas, acidentes vasculares cerebrais, diabetes e câncer de mama e de colo do útero. Essas enfermidades são responsáveis por 71% de todas as mortes no mundo, incluindo as mortes de 15 milhões de pessoas por ano com idade entre 30 e 70 anos.

E quem já entendeu o alerta ou quer começar a encarar novos desafios, no próximo dia 22 de julho, pessoas de todos os lugares irão encarar um circuito que envolve asfalto e estrada de chão, com duas opções de participação: 5 km e 10 km, durante a etapa Novozymes do Circuito de Corridas Rústicas 2018. Leia mais aqui no Bioblog e saiba como participar.

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *