22-03-2017

ODS 5 – Igualdade de gênero

Em 2015, a Organização das Nações Unidas (ONU) e líderes de países membros desenvolveram a Agenda 2030, que tem como prioridade promover medidas e projetos para o desenvolvimento sustentável mundial até 2030. Como parte dessas ações, também foram criados os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), que, de forma mais ampla, visam combater a pobreza, garantir o bem-estar e proteger o meio ambiente. 

De modo geral, a iniciativa também tem como pilar o respeito às pessoas e suas diversidades. Para isso, foi criada a ODS 5 – igualdade de gênero.

O que é ODS 5?

O princípio básico do ODS 5 é conseguir a igualdade de gênero e empoderar meninas e mulheres de todo o mundo.

Qual a sua importância no contexto dos ODS?

Nesse contexto, o ODS 5 é importante para o avanço em igualdade de gênero no mundo, uma vez que as mulheres ainda sofrem violência, discriminação e não recebem oportunidades adequadas em diversos setores. Portanto, a iniciativa será a via para garantia do exercício de seus direitos de forma igualitária.

O que tem sido feito no Brasil?

Diversas iniciativas que contribuem significativamente com o ODS 5 estão em ação no país. Algumas delas podem ser conferidas a seguir:

Fundo de Mulheres do Sul: A divisão ONU Mulheres apresentou recentemente o Fundo de Mulheres do Sul, o qual investirá em projetos voltados para igualdade de gênero em toda a América Latina. Sua primeira chamada para o financiamento dessas iniciativas ocorre em 2017, e foi pensado de modo totalmente voltado para todos os ODS da ONU. Esse será um passo importante para o início de diversos trabalhos referentes ao ODS5 no país, por meio de organizações de diversos portes.

Mulheres Investidoras Anjo (MIA): O MIA é o primeiro movimento de fomento ao investimento e apoio de empreendedorismo feminino de alto impacto no Brasil. Seus trabalhos são voltados para a busca de parceiros, que possam investir em startups lideradas exclusivamente por mulheres no país. Essa ação é importante porque em 2016 apenas 19% das empresas brasileiras possuía mulheres nesse tipo de posição.

Como contribuir com a igualdade de gênero

Mais do que estipular novas leis e programas voltados exclusivamente ao empoderamento feminino, empresas e cidadãos devem buscar soluções efetivas e diárias para o alcance das metas do ODS5, tomando medidas que visem:

  • Ampliar a igualdade de oportunidades para todas as pessoas (sem distinção de gênero, raça, opção religiosa e sexual, entre outras diversidades);
  • Reduzir os índices de criminalidade;
  • Promover a educação igualitária;
  • Combater o preconceito (de qualquer gênero).

A manutenção dos direitos de todas as pessoas é um bem essencial para o alcance da igualdade no mundo. Ainda há um longo caminho a ser percorrido, mas só por meio da união da sociedade, empresas e órgãos públicos que será possível transformar esse objetivo em realidade. A partir disso, mulheres e meninas poderão conquistar sua independência de modo pleno e buscar a concretização de seus sonhos.

A Novozymes apoia os ODS da ONU

A Novozymes é referência mundial na produção de enzimas e microrganismos. Com uma unidade no Brasil, a companhia apoia os ODS da ONU e desenvolve projetos com vistas ao desenvolvimento sustentável mundial. Parte de seu trabalho é divulgar informações sobre esse e outros assuntos no Bioblog.

Conheça todos os ODS neste link: https://www.bioblog.com.br/os-objetivos-de-desenvolvimento-sustentavel-da-onu/

2 comments

  1. Esse papinho de políticas de igualdade de gênero não passa de engenharia social. Uma tentativa de restringir a liberdade individual em nome de um suposto benefício coletivo: a igualdade.

    Responder
    1. Olá Paulo,

      agradecemos o seu contato e a sua opinião diversa, o debate é importante. Abs,

      Responder

Quer fazer um comentário?