15-09-2016

O que é silvicultura?

A silvicultura consiste em preservar, recuperar e minimizar os impactos ao meio ambiente. Está presente tanto nos meios rurais e urbanos quanto industriais.

O uso sustentável das tecnologias tem se tornado cada vez mais tendencioso, tendo em vista o agravamento dos problemas ambientais. É por conta disso que a silvicultura presta serviços tanto nos meios rurais e urbanos quanto industriais. A etimologia da palavra facilita o entendimento: Silva, do latim “floresta” e “cultura”, cultivo de árvores. Essa ciência é dividida em duas partes, a clássica e a moderna. Silvicultura clássica é aquela que preserva e restaura florestas naturais e a preocupação gira em torno de preservar essas áreas; já a moderna tem o objetivo de plantar e manter sítios cultivados artificialmente, ou seja, plantados pelo homem.

Como é o trabalho do tecnólogo da silvicultura?

O silvicultor pode evitar pragas e doenças que ameaçam a biodiversidade. Outra função é servir de apoio às indústrias que exploram os recursos naturais para fins comerciais através do reflorestamento. A área é muito ampla, pois o trabalho consiste em recuperar ou minimizar os estragos no meio ambiente, desde a irrigação até a renovação de espécies ameaçadas de extinção. Verificar o meio mais sustentável de se extrair algo da natureza, para diminuir o impacto ecológico, de modo que se possa melhorar o povoamento das florestas racionalmente, também faz parte desse trabalho. Um dos principais enfoques dessa ciência é o uso da madeira, portanto é trabalho dessa área a plantação de mudas, buscando, assim, a manutenção dos biomas de uma área. Muitas indústrias já estão conscientizadas e aderiram as técnicas da silvicultura para manter a fauna e a flora em constante desenvolvimento, a fim de diminuir os impactos ambientais.

Qual a importância da silvicultura?

Há a importância ambiental e a importância econômica, uma agindo em prol do planeta e de sua fauna e flora e outra em função do mercado, que permite a viabilização de sua produção. Nas indústrias, a silvicultura aumenta a homogeneidade dos produtos, o que torna as máquinas mais adequadas e combate às pragas, que causam prejuízo na produção. A fiscalização por parte do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) torna o serviço do silvicultor imprescindível. De acordos com seus dados, de 1990 até 2000 se alcançou 44% de aumento das florestas plantadas, número que só tende a crescer ao longo dos anos.

Quer fazer um comentário?