Sustentabilidade

O que é Pegada Ecológica? O que isso significa para nós?

Pegada ecológica

Cada um de nós, como indivíduos e como nação, deixa impactos no meio ambiente que podem ser mensurados por nossa pegada ecológica.

Pode não parecer, mas, muitas ações do nosso consumo estão ligadas a diferentes impactos no ecossistema do nosso planeta e esses impactos são refletidos diretamente por uma medida chamada de pegada ecológica. Chamada assim como referência à “marca” que uma pegada produz, essa medida é utilizada por organizações e governos do mundo todo como uma maneira de mensurar o quanto determinado grupo está usando de recursos naturais em seu desenvolvimento.

É como a se a pegada ecológica medisse, por área, quanto de espaço da natureza um grupo determinado usa para gerar produtos e suprir as necessidades de seu estilo de vida. Nesse cálculo são incluídos quanto de áreas produtivas terrestres e aquáticas são necessárias de forma direta, e isso inclui plantações, pastagens, uso de florestas, áreas construídas e pesca, assim como quanto seria utilizado de forma indireta com base nas diferentes formas de consumo que temos hoje para alimentação, transporte e energia, nisso está inclusa a pegada de carbono que essas necessidades demandam.

Para exemplificar, pense quando compramos uma carne no supermercado. O consumo desse pedaço de carne leva em conta desde o espaço de pastagem necessário para o desenvolvimento do gado, a quantidade de água e energia necessárias para a produção da carne, até o transporte que esse alimento teve que passar para chegar no supermercado. Se um grupo da sociedade possui o hábito de compra de carne desta forma, então, deve-se considerar essas várias medidas, que vão aumentando a pegada ecológica deste grupo.

E como está a pegada biológica do mundo? E do Brasil?

Atualmente, algumas organizações especializadas como a Global Footprint Network e a WWF indicam que, mundialmente, nossa pegada ecológica está aproximadamente em 2,7 hectares globais por pessoa, o que significa que a humanidade precisaria de 1,5 Planetas Terras para suprir os recursos naturais do seu padrão de consumo!

O Brasil está próximo a esta média, consumindo 2,9 hectares globais por brasileiro. Mas nosso país possui uma posição de destaque nesse cenário, de forma mundial, devido à quantidade alta de biodiversidade que nosso país possui. Mas são necessários o cuidado e a preservação para que o mundo continue com essa reserva ambiental, e evitar que haja a degradação do nosso ecossistema, pois, se continuarmos assim, tudo indica que até 2050 já vamos precisar de dois planetas inteiros para nos sustentar!

Por isso, a propagação do conhecimento sobre o potencial da natureza e como novas tecnologias, como o uso de economia circular como uma forma de aproveitar melhor nossos recursos, podem favorecer o desenvolvimento desse potencial. São tão importantes dentro da nossa sociedade para que cada um seja conscientizado do que pode fazer para favorecer um desenvolvimento sustentável, e, cada vez mais, reduzir a pegada ecológica que causamos no planeta.

 

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *