01-03-2017

O perigo do aquecimento global

Utilizar práticas sustentáveis para obter energia, alimentos e fabricação de produtos minimiza o impacto ambiental e reduz a emissão de gases do efeito estufa.

O uso inadequado dos recursos naturais para a sobrevivência humana trouxe várias consequências ao longo dos anos. Uma delas é o aquecimento global, que hoje é motivo de preocupação para vários países, afinal, ele representa muitos perigos para a sobrevivência na Terra.

Muito além de um simples tema, o aquecimento global está relacionado com a subsistência de várias espécies e alteração da biodiversidade. É um fenômeno marcado pelas mudanças climáticas e elevação da temperatura média do planeta. Isso acontece tanto por vias naturais quanto pela interferência humana, em especial.

O aquecimento global tem sido pauta de discussões em diversos setores, pois o crescente desmatamento de florestas e matas e emissão de gases de efeito estufa são os principais causadores do aumento da temperatura no planeta. Por essa razão, o aquecimento global pode trazer diversos danos ao meio ambiente.

As consequências do aquecimento global

O perigo do aquecimento global é a temperatura, que aumenta notadamente em algumas regiões do mundo. Isso representa consequências negativas para a vida, desiquilíbrio nos ecossistemas e morte de muitas espécies animais e vegetais devido ao calor intenso.

Nas cordilheiras, Ártico, Groelândia e Antártida têm evoluído também o processo de degelo. Com isso, essas regiões têm perdido níveis consideráveis de gelo ou extensão. O derretimento pode fazer com que o nível dos oceanos aumente consideravelmente e invada locais que, atualmente, são habitados.

O resultado de tudo isso é alteração dos ecossistemas, desequilíbrio ambiental, desertificação, perda de áreas férteis, entre outros. Fenômenos como abundância de chuva, furacões e intensificação da seca também podem ser bem maiores. A saúde da população pode ainda ser afetada com doenças, como a febre amarela, o câncer, a malária e a esquistossomose.

Medidas preventivas

Para evitar o aquecimento global, é essencial que sejam adotadas práticas sustentáveis para se obter energia, alimentos e fabricação de produtos. Além disso, o uso de fontes renováveis e baseadas em biotecnologia é essencial para reduzir a emissão de gases de efeito estufa. Assim, o equilíbrio e sobrevivência no planeta serão mantidos.

Biosoluções

O uso de enzimas no setor industrial acelera as reações químicas de forma natural, otimizando processos de fabricação e substituindo o uso de substâncias químicas. Assim, geram mais economia e reduzem a emissão de gases de efeito estufa. A multinacional dinamarquesa Novozymes desenvolve biosoluções para diversos segmentos industriais que visam o menor impacto ambiental e a sustentabilidade. Conheça o Bioblog e descubra uma infinidade de conteúdos sobre Biologia e Biotecnologia em: https://www.bioblog.com.br/.

Quer fazer um comentário?