16-10-2017

Mudanças climáticas ameaçam alimentos como batatas, cacau e café

Estudo da Bioversity International avalia que sete mil espécies vegetais comestíveis, entre elas, 30 bastante utilizadas na alimentação humana atualmente, sofrerão grande impacto se a temperatura continuar subindo

Os pesquisadores da Bioversity International divulgaram um estudo com uma avaliação importante. Segundo eles, as mudanças climáticas estão a ponto de causar mudanças profundas e de grande impacto na alimentação humana.

No estudo, eles afirmam que 22% das espécies de batatas, existentes hoje, devem ser extintas até 2055. Além delas, cacau, café também estão na lista de ameaçados devidos ao aumento da temperatura do planeta.

A entidade avalia que sete mil espécies vegetais comestíveis, entre elas, 30 bastante utilizadas na alimentação humana, atualmente, sofrerão grande impacto se a temperatura continuar subindo, principalmente, arroz, milho e trigo, que representam cerca de 50% das calorias consumidas atualmente.

No documento, os pesquisados destacam que é preciso aumentar os investimentos em biodiversidade agrícola e em sustentabilidade para mudar esse cenário, diminuir a degradação ambiental e reduzir os impactos nas mudanças climáticas. Se nada for feito, a fome e a desnutrição se farão ainda mais presentes na vida humana e animal.

O documento, de mais de 200 páginas, reforça que é preciso transformar os sistemas alimentícios e agrícolas atuais, focando na agrobiodiversidade e em novas culturas de alimentos, até hoje, esquecidos, como a quinoa, que pode ser uma alternativa alimentar importante.

Quer fazer um comentário?