Sustentabilidade

Mais de 60% dos resíduos e três quartos de emissões de gases de efeito estufa vêm das cidades

Cidades são, em grande parte, responsáveis pelo aumento das emissões de gases de efeito estufa que têm preocupado órgãos mundiais

Sessenta por cento dos resíduos e três quartos do uso de recursos e de emissões de gases de efeito estufa vêm das cidades, o que as torna ótimos lugares para promover o consumo e a produção sustentáveis. Mas preservar o bem-estar de uma população cada vez mais urbana, incluindo pessoas que ainda não têm acesso a moradias e serviços básicos acessíveis e adequados, é tão importante quanto a busca por atingir as metas dos Objetivos de  Desenvolvimento Sustentável. Uma abordagem integrada à infraestrutura urbana poderia ajudar a fazer as duas coisas, de acordo com a ONU Meio Ambiente.

Embora os Estados-membros tenham adotado  uma resolução sobre infraestrutura sustentável na Assembleia Ambiental das Nações Unidas (UNEA), em março, a Cúpula das Cidades reforçou a importância da ação local e a necessidade de uma abordagem integrada para a infraestrutura urbana.

De acordo com o relatório do painel internacional “Weight of Cities“, otimizar sistemas e criar sinergias intersetoriais entre edifícios, mobilidade, energia e urbanismo pode reduzir as emissões de gases de efeito estufa e o uso de recursos em até 55%.

A Cúpula das Cidades mostrou que governos locais visionários, empresas e comunidades estão desenvolvendo soluções que ligam sistemas como transporte, energia, habitação, água e resíduos. Algumas cidades estabeleceram altas metas de clima e/ou circularidade.

Osaka, no Japão, por exemplo, inclui políticas de energia e medidas de mudança climática no planejamento do desenvolvimento urbano para possibilitar soluções integradas. Dakar, no Senegal, enfatizou a necessidade de bons dados para empreender um planejamento holístico, enquanto Buenos Aires e o Ministério do Meio Ambiente na Argentina demonstraram como diferentes níveis de governo podem abordar conjuntamente o manejo sustentável de território, transporte e energia.

O novo programa de Integração de Sistemas Urbanos da ONU Meio Ambiente ajudará os governos locais e nacionais a acelerar suas transições para economias circulares e de baixo carbono, aumentar a eficiência e reduzir as demandas de recursos das cidades, melhorando a saúde e o bem-estar.

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *