Educação

Livros-aplicativos estimulam alunos a desenvolver experimentos em Feira de Ciências

Livros-aplicativos-nova geração

 A tecnologia e a interdisciplinariedade mostram como a Biologia pode ajudam a modificar o mundo

Alunos de Curitiba, da Escola Nova Geração, do 5º ano do Ensino Fundamental, participaram de uma atividade muito especial e mostraram como a tecnologia pode ser usada para inovar, além de promover um outro tipo de olhar sobre os problemas sociais que assolam a atualidade.

Depois que a mãe de um aluno apresentou à professora Tanice Patricio Massuchetto, os app-books da Coleção Novozymes Nova Perspectiva, a educadora percebeu que tinha em mãos uma importante ferramenta para incentivar seus alunos a encararem os desafios propostos nos livros-aplicativos colocando-os em prática durante a Feira de Ciências da escola.

Visando estimular o perfil pesquisador e cientista dos alunos, além da troca de experiências, pensamentos e teorias, formando conhecimentos ainda mais elaborados, Tanice, que atua na área de ciências naturais e sociais, por meio da interdisciplinariedade, instigou os alunos a conhecerem os três aplicativos que mostram como a Biologia pode modificar o mundo. ”Eu fiquei encantanda com os livros-aplicativos, eles propõem atividades e experimentos científicos que podem contribuir para resolvermos os problemas sociais envolvendo a pobreza, a fome e a falta de acesso à água potável e saneamento básico, e o mais importante é que esses são três dos 17 objetivos traçados pela ONU para serem atingidos até 2030”, explica.

O desafio proposto aos 17 alunos recebeu o nome ”E eu com isso? A ciência à favor da vida” gerou 4 grupos com propostas inusitadas para crianças entre 9 e 10 anos. O primeiro tratou ”De que maneira a Ciência pode contribuir para com a erradição da pobreza?”, que contou com o aporte do app-book Frritt-Flacc, que trata do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 1 e os alunos desenvolveram uma miniestação de biogás.

O segundo grupo trouxe como tema ”De que maneira a Ciência pode contribuir para a erradição da fome?”, com ajuda do app-book Ostras, que trata do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 2, com a realização e apresentação de uma composteira.

O grupo 3 desenvolveu como experimento um aporte à Mata Ciliar, já que o ODS 6, apresentado pelo app-book 3 ”O Rei do Rio de Ouro”, contribuiu para que os alunos entendessem de que maneira a Ciência pode auxiliar a natureza a fazer seu trabalho, promovendo água limpa e potável ao mundo.

Por fim, na Feira de Ciências, o grupo 4, também utilizando o terceiro livro-aplicativo, desenvolveu um método de filtragem da água (clarificação e decantação) e um protótipo de estação de tratamento de água, mostrando como os cientistas podem contribuir para a recuperação da água poluída e a importância do saneamento básico.

Toda essa interação e motivação dos alunos instigou os pais das crianças a também participarem, reunindo alimentos que foram doados e distribuídos por eles em uma ação chamada ”Rango de Rua”.

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *