Outros

Fungos: super-heróis da natureza!

Fungos ajudando o mundo

Conheça algumas curiosidades sobre os fungos: incríveis microrganismos que nos ajudam no desenvolvimento sustentável do planeta!

Fungos são microrganismos incríveis: Possuem aplicações na agricultura, nos alimentos, na produção de enzimas… São quase como super-heróis vindos direto da natureza! Não podemos generalizar, afinal, muitas espécies diferentes são responsáveis por diversas doenças e por pragas da agricultura. Mas temos que admitir que o potencial destes seres vivos tanto em processos convencionais como no desenvolvimento de novas tecnologias, como na produção de novos materiais e no tratamento de poluições, e o quanto ainda não sabemos e nos surpreendemos com os fungos!

Por exemplo, o maior ser vivo documentado no planeta é nada mais que um fungo: da espécie Armillaria, é um tipo específico de fungo que cresce na raiz de árvores de uma floresta do estado americano de Oregon, se espalhando em baixo da terra (como uma conexão de rede) e formando um complexo de micélios que chega a medir cerca 3,8 km de comprimento!

Outro fato interessante ligado aos fungos é sua capacidade de adaptação e sobrevivência em lugares extremos. Já foram documentados fungos que sobrevivem com pouca ou muita água, em lugares muito frios ou muito quentes. Mas, um evento curioso chamou a atenção de pesquisadores para outro lugar onde fungos estavam crescendo: na parede de uma estação espacial! A Estação Espacial Internacional, da NASA, está buscando formas de identificar esse microrganismo que começou a desenvolver nas paredes internas da estação, e buscar entender – a partir da identificação do DNA desse fungo – como ele veio parar ali e se é benéfico ou maléfico.

Nos fungos mais resistentes também pode estar a resposta do desenvolvimento de tecnologias que nos ajudem a resistir diversas formas de radiação de forma eficaz, pois já foram encontrados fungos que crescem nas proximidades de Chernobyl, a usina nuclear ucraniana que explodiu em 1986, mas que ainda apresenta níveis perigosos de radiação na região. Além de ser surpreendente encontrar um tipo de ser vivo que sobreviva em condições tão adversas, com esse achado pode ser possível que os fungos ajudem astronautas na exploração espacial – já que no espaço os níveis de radiação também são um risco para nós, humanos.

Muitas das espécies de fungos citadas são raras, e precisam ser preservadas para que possam ter, de fato, uma aplicabilidade no desenvolvimento sustentável do planeta. Mas isso não será possível se não cuidarmos da biodiversidade vegetal e também animal, para que haja o equilíbrio necessário na natureza, e assim, quem sabe, mais super-heróis naturais sejam encontrados.

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *