01-06-2017

Enzimas em detergentes: saiba como elas funcionam

Quatro enzimas que facilitam o seu dia a dia e você não sabia

            As enzimas são grandes aliadas das limpezas, das mais pesadas às mais simples. Presentes em uma grande variedade de detergentes são elas que ajudam a retirar aquelas manchas impossíveis e as sujeiras mais complexas, como as gorduras, por exemplo.

Foi-se o tempo em que a gente passava horas tentando tirar manchas, esfregando com as mãos, deixando de molho, colocando alvejante e outras dicas das nossas avós. Com a evolução na indústria, novos produtos estão à nossa disposição para nos ajudar nas missões mais difíceis. Mas você sabe como atuam as enzimas nos detergentes?

Vamos te contar. Primeiro, você precisa saber que 40% da produção das enzimas, no mundo, estão destinadas aos produtos de limpeza e elas têm uma grande eficácia na remoção de manchas causadas por proteínas, por exemplo, como sangue, saliva, entre outras.

Em geral as enzimas atuam baixando a tensão superficial da água, penetrando mais facilmente nos tecidos e chegando até aquelas manchas mais difíceis sem danificar os tecidos. Outras melhoram o pH da água, modificam a espuma aumentando a ação do detergente, ajudar a evitar a reposição de manchas ou a transferência para outras peças de roupa durante a lavagem, por exemplo.

Segundo um estudo da Universidade Estadual do Norte Fluminense, a remoção da sujeira, por um detergente com enzimas é muito superior a um produto comum. O enzimático tem uma ação muito mais rápida, oferece menor risco à saúde e é infinitamente melhor para o meio ambiente, por ser biodegradável. Além disso, ajudam a reduzir o consumo de energia e os ciclos de lavagem nas máquinas.

Entre as principais enzimas presentes nos detergentes, temos as amilases que têm a função de degradar os polissacarídeos. Parece difícil? Vamos facilitar. Nessa pesquisa da Universidade de São Paulo (USP), eles detalham o passo a passo da atuação das enzimas, mas quem não quer ler um estudo químico, a gente explica. Os polissacarídeos te acompanham no dia a dia, são aquelas manchas causadas por amidos, como molhos e chocolate. A enzima faz com que o amido seja mais solúvel em água. Pense naquela mancha de chocolate, mais endurecida na sua roupa. O detergente enzimático vai amolecer os resíduos e eles sairão mais facilmente.

Uma outra enzima é a celulase, que atua na celulose, como o algodão. Como quase um milagre ela melhora a aparência do tecido, o brilho e a maciez. Já as lipases chegam até os lipídios, dissolvendo a gordura com mais eficiência. E temos as proteases que degradam as proteínas, como as que falamos agora a pouco, as manchas de sangue, de leites, de algumas comidas e até dos desodorantes.

Essas são apenas algumas das enzimas que estão geralmente presentes em detergentes enzimáticos. Mais informações sobre as enzimas em detergentes você encontra aqui.

Quer fazer um comentário?