Sustentabilidade

Empresas mostram como é possível combater as mudanças climáticas

Artigo mostra como executivos de todo o mundo podem fazer a diferença no combate às mudanças climáticas

Um artigo publicado pelo site da agência de notícias Bloomberg mostra como empresas estão fazendo a diferença no combate às mudanças climáticas. Com o tema “Uma maneira de retardar a mudança climática: pagar CEOs para proteger o planeta”, a publicação conta a história de alguns executivos encarregados da produção de detergentes para roupas, sabonetes e produtos de limpeza ecológicos da Seventh Generation, no Sudeste Asiático.

Segundo a publicação, eles enfrentaram um dilema no início deste ano. Se a unidade da Unilever NV prosseguisse com o lançamento planejado do produto antes que fosse possível encontrar plástico reciclado suficiente para a embalagem, isso poderia prejudicar as metas de sustentabilidade vinculadas a 20% dos bônus dos funcionários. Escolher um material não reciclado podia custar a todos uma parte do dinheiro.

“Se não tiver acesso a resinas recicladas, simplesmente não lançaremos”, disse Joey Bergstein, CEO da empresa, responsável pela decisão na época. Sua equipe acabou encontrando material adequado, a partir da infraestrutura de reciclagem da região, e a Seventh Generation chegou às prateleiras das lojas sem reduzir os padrões – ou bônus. A pesquisa também valeu a pena para a Unilever, pois ela conseguiu, com os mesmos suprimentos de resinas recicladas, incluir nas embalagens das outras marcas da gigante europeia no Sudeste da Ásia.

A maioria das grandes empresas agora estabelece metas de sustentabilidade, mas poucas impõem consequências aos funcionários que não cumprem. Cerca de 500 empresas em todo o mundo vinculam os salários dos executivos às metas ambientais, sociais ou de governança, de acordo com dados compilados pela Bloomberg. Nem todos estão relacionados ao impacto climático – a diversidade e a segurança são mais prevalentes do que as metas ambientais desse grupo. Mas algumas começam a fazer a diferença e a mudar esse cenário. Confira a matéria completa aqui.

E você? O que você faz no dia a dia para ajudar o planeta? Conte pra gente!

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *