14-09-2016

Diferenças entre reciclagem e biodegradável

Reciclável e biodegradável são medidas sustentáveis que auxiliam na preservação do meio ambiente. Vejamos as diferenças entre eles:

Tanto a reciclagem quanto a opção pelos produtos biodegradáveis são formas saudáveis e conscientes de se pensar no meio ambiente e nas futuras gerações.

Produtos reciclados

O processo de reciclagem viabiliza a transformação de materiais usados em produtos novos a serem reutilizados. Assim, o que inicialmente iria para o lixo de uma vez por todas, pode ser reaproveitado, quando repensamos a relevância da preservação dos recursos naturais do meio ambiente e o caráter finito e não renováveis de suas fontes. Peças feitas de vidro, papel, alumínio ou plástico são passíveis de serem recicladas, por meio de mecanismos que se inserem em um propósito mais abrangente da redução da poluição e consumo de água, do ar e do solo. No caso das indústrias que optam pela reciclagem, a vantagem também vai para a diminuição nos gastos de produção, assim como, para quem trabalha com a coleta de materiais para reciclagem a serem vendidos para as empresas coletoras e recicladoras, a atividade representa uma fonte de renda significativa.

Vale ressaltar que a seleção de produtos para a reciclagem obedece a um sistema de cores que pode variar de país a país. A marca que representa a reciclagem é um triângulo com três setas pretas desenhadas no sentido horário, representando a indústria, o consumidor e a reciclagem em si, de modo a encerrarem um ciclo. As latas ou lixeiras destinadas a esse fim possuem esse símbolo, bem como as embalagens recicláveis. No Brasil, por exemplo, os resíduos são separados nas latas de lixo, da seguinte maneira:

  • Lata azul: papel e papelão;
  • Lata vermelha: plástico;
  • Lata verde: vidro;
  • Lata amarela: metal;
  • Lata preta: madeira;
  • Lata laranja: resíduos nocivos;
  • Lata branca: lixo hospitalar;
  • Lata roxa: resíduos radioativos;
  • Lata marrom: restos de comida;
  • Lata cinza: lixo geral não reciclável.

Produtos biodegradáveis:

Em tempos de preocupação com a preservação do meio ambiente e com medidas de sustentabilidade, cada vez mais ouvimos falar em produtos biodegradáveis. Mas, o que são esses produtos? Caracterizados pela facilidade com que são decompostos pela ação bacteriana natural, os biodegradáveis são ponto positivo para a natureza. Quando produtos como os sabões e os detergentes têm uma estrutura não biodegradável, é comum que não se decomponham nas águas dos rios, não se misturando a eles e criando camadas significativas de espuma, de modo, não somente a impossibilitar a entrada de oxigênio na água, mas, a causar danos irreparáveis à flora e à fauna locais. Sem mencionar a contaminação das águas subterrâneas por meio da infiltração de produtos não biodegradáveis nos solos, contaminando a água que é corriqueiramente utilizada pelas pessoas. O fato também, de que há alguns produtos não biodegradáveis que, ao serem lançados em aterros sanitários, emitem gases no decorrer de sua decomposição que, por sua vez, são bastante prejudiciais à saúde da camada de ozônio, não deve ser esquecido.

Diferenças significativas

Ao associarmos os conceitos da reciclagem ao produto biodegradável, podemos relacionar a seguinte situação: a fabricação de papel, por exemplo, que é proveniente da madeira das árvores, logo, é da natureza e pode ser constantemente reciclado, ou seja, poder ser reutilizado em outro favor, em vez de se tornar lixo permanente. O papel é também biodegradável, já que se lançado à natureza, sua decomposição se dará de forma natural e sem maiores malefícios à natureza. O papel é reciclável e biodegradável!

Assim, podemos deduzir que a principal diferença entre as duas perspectivas, a do produto reciclado e do biodegradável, é que, ao passo que o primeiro é passível de ser reutilizado, em vez de se tornar lixo permanente, o segundo se volta mais para a sua condição natural de poder, caso lançado ao lixo, ser decomposto de modo natural pela própria natureza, sem ser-lhe agressivo. 

Quer fazer um comentário?