22-09-2016

Diferenças entre etanol hidratado e etanol anidro

O etanol é obtido a partir das moléculas de açúcar presentes em vegetais como milho, mandioca, trigo e cana-de-açúcar. Uma série de processos são necessários para produzir o etanol, as etapas incluem: limpeza da matéria-prima, trituração, eliminação das impurezas, decantação, fermentação, e, então, obtém-se o etanol hidratado. Para transformá-lo em etanol anidro é preciso passar pelo processo de desidratação, realizado com a destilação fracionada, na qual a água evapora após ser separada do etanol.

O que é o etanol hidratado?

O etanol hidratado é aquele comercializado como etanol comum nos postos de combustíveis. Em sua composição está presente entre 95,1% e 96% de etanol e o restante corresponde à água. Ele também é usado para produzir alimentos, bebidas, produtos de limpeza, cosméticos, vacinas, etc. É apenas o processo de pós-fabricação que tem influência na serventia do etanol.

O que é o etanol anidro?

O etanol anidro é o utilizado para misturar com a gasolina. No Brasil, a proporção obrigatória é de até 27,5%. A estratégia torna a gasolina mais barata, além de minimizar a emissão de poluentes na atmosfera. O etanol anidro possui graduação alcoólica próxima a 100%. Inclusive, a palavra “anidro” vem do grego e quer dizer "sem água" (a = não e hidro = água). O processo de fabricação é igual ao do álcool hidratado, a diferença está depois da etapa de fermentação, quando ocorre a desidratação para retirar a água por meio do processo de destilação. Além do etanol anidro ser usado misturado à gasolina, ele também é útil para fins industriais, integrando os componentes de solventes, tintas e aerossóis.

Como otimizar a produção de etanol

A Novozymes, líder mundial em bioinovação, é referência na produção de enzimas industriais para a fabricação de biocombustíveis. A empresa tem disponíveis enzimas que otimizam a conversão de grãos, como milho, cevada, trigo, além de outras matérias-primas para a fabricação do etanol e outros biocombustíveis. As enzimas da Novozymes são incomparáveis em relação ao desempenho e facilidade de uso, permitindo elevar rendimentos e reduzir os custos de processamento. As soluções são desenvolvidas sob medida, sendo possível fabricar misturas de enzimas personalizadas, que atendam às necessidades específicas para a liquefação, sacarificação, fermentação e redução da viscosidade de cada matéria-prima.

Quer fazer um comentário?