20-12-2016

Diferenças entre biodiesel e o diesel

O biodiesel pode ser elaborado a partir de várias espécies vegetais, sendo uma excelente alternativa na substituição do diesel, por ser um recurso renovável e minimizar os danos do efeito estufa.

O diesel é um combustível bastante conhecido pela população, afinal, é muito utilizado em motores de tratores, caminhões, locomotivas, automóveis de passeio e embarcações. Ele é derivado do petróleo, portanto, um combustível fóssil. Basicamente, a composição do óleo diesel inclui hidrocarbonetos, mas também há uma baixa parcela de nitrogênio, oxigênio e enxofre.

Embora seja amplamente utilizado, o óleo diesel despeja na atmosfera uma considerável quantidade de gases que promovem o efeito estufa, entre eles o monóxido de carbono, o enxofre e o óxido de nitrogênio.

Em contrapartida, existe uma alternativa que pode ser utilizada como substituta do diesel ou misturada a ele para minimizar os danos, trata-se do biodiesel. Esse biocombustível pode ser produzido com diferentes espécies vegetais. No Brasil, 75% da produção de biodiesel ocorre com óleo de soja, outras 20% com gordura animal e o restante do percentual corresponde a fontes como algodão, canola e dendê. Portanto, o biodiesel é considerado uma alternativa de queima limpa, devido ao uso de recursos renováveis para produção.

Embora o biodiesel não contenha petróleo, ele pode ser adicionado ao diesel, formando uma mistura. Atualmente, o diesel comercializado nos postos de combustíveis do Brasil é composto por 93% de diesel e 7% de biodiesel. Os motores de ignição à compressão podem utilizar até 20% de biodiesel misturado sem precisar realizar nenhuma modificação.

Vantagens de utilizar o biodiesel

  • Caracteriza-se como fonte de energia renovável, podendo ser obtido a partir de uma grande variedade de oleaginosas.
  • Contribui para a redução da emissão de CO2 na atmosfera.
  • O armazenamento do biodiesel é mais seguro devido ao alto ponto de fulgor. É preciso estar a mais de 150°C para explodir.
  • O biodiesel pode contribuir para aumentar a vida útil do motor.
  • Este combustível possui uso simples, não tóxico e biodegradável.

Uso de enzimas para ampliar a produção de biodiesel

Além de todas as vantagens que o uso de biodiesel apresenta, é possível ainda ampliar sua produção ao fazer uso de enzimas. A Novozymes, reconhecida mundialmente pela qualidade das suas enzimas industriais, possui uma série de soluções que contribuem para maximizar a produção e reduzir a quantidade de água e energia utilizada durante o processo de produção de biodiesel. No site Bioblog (http://www.bioblog.com.br) é possível conferir toda a atuação da Novozymes na área de biocombustíveis.

Quer fazer um comentário?