Sustentabilidade

Costa Rica deve se tornar o primeiro país sem plástico e sem carbono do mundo até 2021

Desde junho de 2017 a Costa Rica também decidiu erradicar o plástico de uso único (descartável) até 2021

Segundo o site Intelligent Living, a Costa Rica está entre os cinco países que estão liderando o caminho para os recursos renováveis. Ele pode até parecer pequeno, mas tem um impacto ambiental muito grande. Desde 2014, a energia do país vem de 99% de fontes renováveis, além disso, funcionou com 100% de energia renovável por mais de dois meses, por duas vezes, nos últimos dois anos.

Desde junho de 2017 a Costa Rica também decidiu erradicar o plástico de uso único (descartável) até 2021. E foi o primeiro país do mundo a fazer isso. Mais recentemente, no verão de 2018, o país anunciou seus objetivos para se tornar completamente neutro em carbono até o ano de 2021, ou seja: ser o primeiro país totalmente livre de carbono em todo o mundo.

“Basear nossa geração de eletricidade em recursos renováveis ​​permite que o país alcance uma das menores proporções de emissões de gases do efeito estufa para o consumo de eletricidade no planeta”, indicou o Instituto de Eletricidade da Costa Rica (ICE) em um comunicado.

Nos últimos quatro anos, a Costa Rica gerou quase 1% de sua eletricidade a partir de fontes renováveis, como rios, vulcões, energia eólica e solar. A usina hidrelétrica no rio Reventazón, na costa caribenha, iniciou suas operações em 2016. É a maior usina do gênero na América Central. Eles também têm sete usinas de turbinas eólicas, seis usinas hidrelétricas e uma usina solar. Uma declaração do ICE indicava que ¾ de energia renovável vinha de usinas hidrelétricas usando água do rio; o restante era energia geotérmica e eólica, com a biomassa, em seguida, energia solar constituindo a menor porcentagem.

Desde a década de 1980, o governo reconheceu que a natureza é o ativo mais forte da Costa Rica e, portanto, fez todos os esforços para protegê-la: incluindo, entre outros, o fechamento de parques zoológicos, reflorestamento e estabelecimento de áreas protegidas (25% da superfície total do país).

“Com sua rica biodiversidade, a Costa Rica também demonstrou uma liderança ambiental de longo alcance ao buscar o reflorestamento, designando um terço do país para reservas naturais protegidas e retirando quase toda a eletricidade de energia hidrelétrica limpa”, disse Joseph Stiglitz.

O dilema do plástico descartável veio em seguida. No ano passado, no Dia Mundial do Meio Ambiente, o país anunciou seu novo plano nacional para erradicar todos os plásticos de uso único até 2021. A partir desse dia, o plástico vendo sendo substituído por alternativas 100% recicláveis ​​ou biodegradáveis ​​e não à base de petróleo. O país conta com o apoio técnico e financeiro do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento para ajudá-los a alcançar esse patamar.

A economista Mónica Araya, especialista em sustentabilidade da Costa Rica e diretora da Costa Rica Limpia, que promove energia renovável e transporte elétrico, disse: “Livrar-se dos combustíveis fósseis é uma grande ideia vinda de um pequeno país. Essa é uma ideia que está começando a ganhar apoio internacional com o surgimento de novas tecnologias. Em um país que já está se afastando rapidamente dos combustíveis fósseis, concentrar-se nos transportes – um dos últimos grandes desafios – poderia enviar uma mensagem poderosa ao mundo ”.

Tags:

Um comentário

  1. Basta saber se o lucro financeiro é menor, igual ou maior do quer as fontes minerais.
    Abastecer a sociedade com fontes renováveis como a vegetal, eólica e hídrica pode ser um no-brake que auxilia o atual sistema de consumo.
    Não é possível substituir 100% da energia do ecosistema mineral captada pela indústria mundial sem que haja maior qualidade, custo benefício e lucro para o industriario, para o comerciante e para o governo.
    É viável o produto biológico, mas não antagonista do produto mineral.
    Ambos geram energia! “EU, Eduardo Lima (filho), sócio da empresa GHL Energia acredito no desenvolvimento da indústria natural mineral e vegetal, hídrica e eólica com harmonia”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *