Sustentabilidade

Confira as dicas da OMS para sair do sedentarismo durante a quarentena

O comportamento sedentário e os baixos níveis de atividade física podem ter efeitos negativos na saúde, bem-estar e qualidade de vida dos indivíduos.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda 150 minutos de atividade física de intensidade moderada ou 75 minutos de alta intensidade por semana, ou uma combinação de ambos. Essas sugestões podem ser realizadas mesmo em casa, sem equipamento especial e com espaço limitado.

À medida que novos casos da COVID-19 continuam aumentando, muitos indivíduos saudáveis e fisicamente ativos estão sendo obrigados a ficar em casa em isolamento social. Em muitos países, academias de ginástica e outros locais onde as pessoas normalmente realizam atividades físicas estão fechadas e permanecerão assim para conter a disseminação do coronavirus.

Ficar em casa por períodos prolongados pode representar um desafio para permanecer fisicamente ativo. O comportamento sedentário e os baixos níveis de atividade física podem ter efeitos negativos na saúde, bem-estar e qualidade de vida dos indivíduos.

O isolamento social também pode causar estresse adicional e desafiar a saúde mental dos cidadãos. Os diferentes modos de realizar atividade física e relaxamento podem ser ferramentas valiosas para ajudar as pessoas manterem a calma e continuarem a proteger sua saúde durante esse período.

A seguir, estão algumas dicas sobre como permanecer ativo e reduzir o comportamento sedentário em casa:

Faça pausas curtas e ativas durante o dia. Breves períodos de atividade física somam às recomendações semanais. Você pode usar os exercícios que podem ser feitos em casa como inspiração para estar ativo todos os dias. Dançar, brincar com crianças e realizar tarefas domésticas, como limpeza e jardinagem, são outros meios para se manter ativo em casa.

Siga uma aula de exercícios online. Aproveite as aulas de exercícios online. Muitos deles são gratuitos e podem ser encontrados no YouTube. Se você não tem experiência em executar esses exercícios, tenha cuidado e esteja ciente de suas próprias limitações.

Ande. Mesmo em espaços pequenos, andar pode ajudá-lo a permanecer ativo. Se você receber uma ligação, fique em pé ou ande pela casa enquanto fala, em vez de sentar. Se você decidir sair para caminhar ou se exercitar, mantenha uma distância de pelo menos 1 metro das outras pessoas.

Levante-se. Reduza seu tempo sedentário, levantando-se sempre que possível. Idealmente, tente interromper o tempo sentado e reclinado a cada 30 minutos. Considere montar uma mesa para continuar trabalhando em pé. Durante o lazer sedentário, priorize atividades cognitivamente estimulantes, como leitura, jogos de tabuleiro e quebra-cabeças.

Relaxe. Meditação e respirações profundas podem ajudá-lo a manter a calma. Alguns exemplos de técnicas de relaxamento estão disponíveis abaixo.

Para uma saúde plena, também é importante lembrar de comer de forma saudável e manter-se hidratado. A OMS recomenda beber água em vez de bebidas açucaradas. Adultos devem limitar ou evitar bebidas alcoólicas. Jovens, mulheres grávidas e lactantes não devem consumir bebida alcoólica. Abuse das frutas e vegetais e limite a ingestão de sal, açúcar e gordura. Prefira grãos integrais ao invés de alimentos refinados.

Para obter mais orientações sobre como comer de maneira saudável, veja aqui o informativo da OMS sobre alimentação saudável.

Você pode se prevenir contra o coronavírus com algumas ações bem simples. Clique aqui e confira as principais recomendações do Ministério da Saúde.

 

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *