Categoria: Bioenergia



RenovaBio é aprovado pelo Senado e segue para sanção presidencial

15-12-2017

Informações sobre a aprovação do Projeto de Lei da Câmara (PLC) 160/2017 foram divulgadas na terça-feira, 12 de dezembro, pela Agência Senado  Os senadores aprovaram, na última terça-feira, 12 de dezembro, o Projeto de Lei da Câmara (PLC) 160/2017 que cria a Política Nacional de Biocombustíveis (RenovaBio), como o biodiesel e o etanol, produzidos, por […]







A eletrificação de veículos pode contribuir futuramente para descarbonização do setor de transportes. Mas qual é a solução mais emergencial?

30-11-2017

Os biocombustíveis, além de atenderem as demandas mais urgentes de uma economia renovável, já estão à disposição e representam uma solução energética global Segundo a Agência Internacional de Energia Renovável (IRENA), o setor de transportes representa 20% das emissões globais de gases de efeito estufa (GEE), dado este que aumenta, em média, 5,6% ao ano. […]



Projeto de Lei RenovaBio: uma política nacional que vai além da cadeia produtiva

29-11-2017

Quando aprovado e sancionado, o projeto contribuirá para que o setor seja mais sustentável, gere menos impactos sociais e ambientais e, ainda, seja um suporte para o consumidor que busca por produtos social e ambientalmente responsáveis Muito além dos benefícios econômicos e produtivos para o setor de biocombustíveis, o programa RenovaBio, que no último dia […]



Brasil tem o maior potencial de produção de biocombustíveis no mundo

20-11-2017

A expectativa é que o programa RenovaBio ajude o mercado brasileiro a se desenvolver ainda mais e rapidamente, com menores impactos ao meio ambiente Márcio Felix, secretário de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis do Ministério de Minas e Energia, durante a 17ª Conferência Internacional sobre Açúcar e Etanol, realizado pela Datagro no início do mês […]



Tres maneras de aprovechar más el maíz

17-11-2017

Los productores europeos de etanol de maíz han sobrevivido, y a menudo prosperado, en condiciones de mercado y legislativas inciertas. Esto se debe principalmente a la capacidad del sector de innovar y diversificarse para obtener el máximo provecho de las materias primas y de las condiciones del mercado. Lo mismo ocurre en los EE. UU., […]