Sustentabilidade

Câmara quer incentivar alunos a separarem o lixo por meio de Projeto de Lei

Projeto incentiva separação do lixo pelos alunos nas escolas

O Projeto de Lei 4270/20 altera a Lei de Educação Ambiental para incluir entre as ações e práticas previstas no ensino ambiental não-formal – fora do currículo – a separação do lixo reciclável produzido em escolas do ensino fundamental e médio. O texto está em análise na Câmara dos Deputados.

Autor da proposta, o deputado Nicoletti (RR) afirma que a intenção é conscientizar alunos da rede pública da necessidade de preservação do meio ambiente. “O problema dos resíduos é de tamanha gravidade que necessita de uma ação complexa, que passa, inevitavelmente, pela escola”, comenta. “Esse processo deve ter início logo nas séries iniciais, como creches e pré escola, pois as crianças se transformarão nos adultos que vão separar os lixos e depositá-los corretamente”, acrescenta.

Na justificativa da proposta, o relator destaca que trata-se de um projeto que visa a melhoria da educação ambiental, tendo por objetivo conscientizar aos alunos da rede pública de ensino, sejam eles do ensino fundamental, técnico, profissional ou superior para a necessidade de preservação do meio ambiente, integrando pais, alunos e profissionais de educação, na busca do desenvolvimento sustentável ambiental.

“Sem dúvida, o desenvolvimento de atividade permanente e contínua de segregação do lixo para coleta seletiva e reciclagem de resíduos sólidos é da mais alta relevância para a incorporação da dimensão ambiental no gerenciamento da escola e na conscientização ecológica de seus alunos. Desse modo, a medida proposta será incorporada de forma mais adequada à legislação ambiental como uma ação a ser desenvolvida nas escolas, entre aquelas vinculadas à Educação Ambiental”, comenta.

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *