22-09-2016

Benefícios do reflorestamento para o produtor rural

Além de promover a preservação do meio ambiente, o reflorestamento também é importante ao produtor rural, tanto no viés econômico, quanto na prática da sustentabilidade.

As iniciativas de reflorestamento têm sido essenciais para promover a redução do gás carbônico (CO2) na atmosfera e, consequentemente, evitar a intensificação do efeito estufa. Isso porque a redução do CO2 ocorre devido à fotossíntese realizada pelas árvores, a qual permite que o carbono fixe na biomassa do solo e do vegetal. À medida que a árvore vai se desenvolvendo, o carbono passa a integrar as folhas, troncos, galhos e raízes. Em torno de 50% da biomassa vegetal é feita de carbono. Para se ter ideia, a Floresta Amazônica detém em média 140 toneladas de carbono por hectare.

Mundialmente, o reflorestamento torna-se essencial para minimizar as alterações climáticas e aumentar os recursos hídricos. De forma pontual, há uma categoria que pode usufruir de diversos benefícios ao promover o reflorestamento: os produtores rurais. As vantagens englobam questões econômicas e de sustentabilidade.

Vantagens econômicas do processo de reflorestamento

Pelo viés econômico, reflorestar reflete em ganhos ao produtor rural e não é preciso dispor de muita mão de obra para colocar em prática essa iniciativa que ajuda a embelezar a paisagem da propriedade e valorizar o imóvel. Muitos produtores veem essa alternativa como uma forma de “guardar economias”, isso porque quando necessário é possível comercializar as árvores, depois replantá-las e realizar esse processo de forma sucessiva.

Reflorestar também permite que a propriedade rural fique autossuficiente para a necessidade de madeira. Tendo madeira à disposição é possível dar origem a currais, realizar construções abertas e ter lenha disponível em tempo integral, tudo isso com matéria-prima obtida na propriedade.

Vantagens do processo de reflorestamento ligadas à sustentabilidade

Geralmente as espécies usadas para o reflorestamento se desenvolvem num curto período de tempo, abrindo possibilidade para que elas sejam uma opção de matéria-prima de baixo custo para os produtores rurais. Reflorestar também permite aproveitar as áreas marginais, combater a erosão do solo, maximizar o desempenho das bacias hidrográficas e, ao mesmo tempo, reduzir o impacto ambiental negativo que as culturas tradicionais de plantação geram ao solo.

Soluções biológicas

Essa mesma linha de preocupação ambiental levou a Novozymes, líder mundial no segmento de enzimas industriais e bioinovação, a participar da Conferência das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável (Rio+20) de forma ativa, integrando as discussões de políticas públicas e de soluções para serem colocadas em prática ao longo das próximas décadas, envolvendo a promoção da economia verde. A Novozymes vem trabalhando incessantemente na formulação de alternativas renováveis para substituir o uso de produtos químicos que tem origem fóssil.

Quer fazer um comentário?