02-02-2017

Anvisa lança consulta pública sobre alimentos com lactose

 

Grande parte das pessoas que possuem intolerância à lactose já passaram por situações desconfortáveis devido à falta de informação ou informação incorreta no rótulo de produtos alimentícios. Sobre o tema, a ANVISA aprovou duas Consultas Públicas (CPs) que, segundo a agência reguladora, visam contribuir com a população que possui intolerância à lactose. Ambas estão em processo de revisão para serem consideradas resoluções da Anvisa e este processo deve ser concluído até o final de janeiro de 2017.

Consulta Pública 1

Uma das propostas é referente à alteração da Portaria SVS/MS nº 29, de 13 de janeiro de 1998. Agora foram elencados requisitos de composição e rótulo para alimentos que possuem baixo teor e são isentos de lactose. Para ser considerado “isento de lactose” o alimento precisa ter quantidade igual ou menor a 10 miligramas por 100 gramas ou mililitros do alimento pronto para consumir. A declaração utilizada nesses casos deve ser: “0% lactose”, “isento de lactose”, “não contém lactose”, “sem lactose” ou “zero lactose”. As opções definidas como “Baixo teor de lactose” são os que apresentam teor de lactose reduzido à quantidade igual ou inferior a um grama por 100 gramas ou mililitros do alimento pronto para consumir. A declaração utilizada nesses casos deve ser: “baixo teor de lactose” ou “baixo em lactose".

Consulta Pública 2

Tornou-se obrigatório declarar a presença de lactose nos rótulos de alimentos e bebidas. Os rótulos de alimentos que possuem mais de 10 miligramas de lactose por 100 gramas ou mililitros do alimento pronto para o consumo, deverão conter a declaração “Contém lactose” na sequência ou abaixo da lista de ingredientes, dispondo de caracteres legíveis.

Soluções para produzir lácteos com baixo ou zero teor de lactose

Embora muitas pessoas acreditem que os produtos sem lactose são assim porque a lactose foi retirada da composição, o processo não é exatamente assim. A alternativa encontrada pela indústria foi adicionar previamente durante o processamento a enzima lactase nos produtos lácteos. Esta enzima hidrolisa a lactose presente no leite naturalmente e é capaz de garantir que os prováveis níveis exigidos pela Anvisa sejam atingidos, fazendo com que o produto seja considerado “zero lactose”, ao mesmo tempo em que preserva ao máximo as características sensoriais e nutricionais do alimento.

Enzimas lactase de qualidade

Especialista em questões voltadas à biologia e sustentabilidade, a Novozymes, multinacional dinamarquesa que é referência no segmento de produção de enzimas, dispõe de soluções para a fabricação de opções lácteas de qualidade com baixo ou zero teor de lactose. No site Bioblog (http://www.bioblog.com.br/) estão disponíveis diversas informações e curiosidades sobre a atuação da Novozymes.

Quer fazer um comentário?