22-02-2017

A preservação das florestas e a sustentabilidade

Muito além da função fotossintética, as florestas apresentam importantes funções econômicas, ecológicas e sociais.

Ao longo da vida, em diversas situações, ouvimos sobre a importância da preservação das florestas, afinal, elas são essenciais para a manutenção da biodiversidade e do equilíbrio ecológico. Cerca de 30% da superfície terrestre é coberta por florestas. Nas florestas e em outros locais com cobertura vegetal ocorre a fotossíntese, produção de oxigênio utilizando o dióxido de carbono (CO2).

Importância da preservação das florestas

Não é por acaso que são chamadas de “pulmões do mundo” e também conhecidas como “sumidouros de carbono”, pois nelas estão depositados cerca de dois quintos de todo o carbono presente nos ecossistemas da terra, ele fica retido no material vegetal e, em alguns casos, na matéria orgânica no solo. O período de armazenamento pode ser de décadas ou séculos.

Para que seja possível absorver todo o dióxido de carbono emitido na atmosfera, que é um dos principais gases responsáveis pelo Efeito Estufa, é preciso plantar em torno de 1000 árvores por ano para cada habitante do planeta. Embora a função fotossintética seja a mais comentada quando se fala em benefícios gerados pelas florestas, existem ainda outras funções também extremamente importantes – ecológicas, econômicas e sociais. Entre elas estão:

– Podem ser utilizadas como fonte de madeira, combustíveis, alimentos e matérias-primas, como por exemplo, resina e celulose.

– Conseguem proteger o solo contra o efeito de erosão e contribuir com a qualidade da água.

– Retêm grande parte da biodiversidade terrestre.

– Apresentam grande valor paisagístico.

Todos os benefícios citados até agora já têm sido reconhecidos por muitos países. Para preservar as florestas, esses países têm desenvolvido ações que seguem basicamente três linhas estratégicas:

• Minimizar riscos de ocorrências de incêndios florestais, por meio de ações como limpeza dos terrenos, proibição de fogueiras, campanhas publicitárias alertando sobre os riscos de incêndio, destinando mais guardas florestais, etc.

Reflorestamento, plantando novas árvores sempre que houver corte das velhas.

• Explorar de forma racional as florestas.

A Novozymes, multinacional dinamarquesa, atua na área de biologia e sustentabilidade, pesquisando e produzindo biosoluções que ajudam a minimizar os impactos ambientais gerados pela indústria. No site Bioblog (www.bioblog.com.br) é possível conferir as áreas de atuação da Novozymes e diversos conteúdos sobre o universo das biosoluções.

Quer fazer um comentário?