NovozymesOutros

A biotecnologia no combate ao mau hálito do seu cão

Uma pasta de dente canina que leva enzimas em sua composição pode facilitar a higiene bucal do pet, evitando o mau hálito e ajudando a prevenir doenças graves

A Bark é uma empresa americana que produz e vende brinquedos e petiscos para cães e que, recentemente, junto à Novozymes, desenvolveu uma pasta de dente exclusiva para eles. Essa pasta de dente contém três enzimas, duas das quais são naturalmente presentes na boca dos cães atuando na degradação dos restos de comida e a outra que entra como um reforço na limpeza dos dentes, ajudando a evitar o mau hálito do pet.

Os problemas em torno da falta de higiene bucal canina

 Quem tem cachorro sabe que manter seus dentes limpos não é uma tarefa fácil e que, se você não consegue escovar os dentes do pet, o mais adequado é leva-lo a um veterinário para fazer uma limpeza profunda e eficiente, com remoção de tártaro e outros procedimentos. Esse processo é delicado e necessita de anestesia geral, o que, inclusive, é recomendado por instituições como o ADVC (Colégio Americano de Odontologia Veterinária) e a AAHA (Associação Americana de Hospitais Veterinários), que consideram que realizar procedimentos odontológicos sem anestesia geral em cães é considerado inaceitável e está abaixo dos padrões de atendimento. Essa limpeza é muito importante não somente para eliminar ou evitar o mau hálito, mas também para prevenir doenças graves.

dentes e mau hálito
Manter a higiene bucal dos cães é fundamental      Fonte: Pixabay

Uma pesquisa da Bark relata que estudos médicos indicam que mais de 80% dos cães desenvolvem gengivite até os três anos de idade e, assim como nos humanos, infecções originadas na boca podem se espalhar para o resto do corpo. O mau hálito que a maioria desses animais apresenta não deve ser negligenciado pois ele pode indicar algum problema de saúde mais sério. Ainda segundo a pesquisa da Bark, mais de 60% dos donos nunca tentaram fazer a higiene bucal de seus cães em casa, 14% escova os dentes deles uma ou duas vezes por semana (imagina se você também só escovasse seus dentes uma vez por semana…) e 47% acredita que dar a eles aqueles petiscos que prometem limpar os dentes é suficiente.

A falta de limpeza bucal pode levar ao desenvolvimento de outras doenças como a doença periodontal, que é ocasionada por uma gengivite não tratada e que, além de dor e mau hálito, leva à perda direta dos dentes. Lesões endodônticas também são comuns e são desencadeadas por uma fratura dental que faz com que bactérias entrem na parte mais interna do dente fraturado, causando lesões no osso e podendo levar a uma infecção generalizada, ou seja, por todo o corpo do cão.

 O mau hálito dos cães afeta até mesmo sua relação com os donos

A pesquisa da Bark apontou ainda que 57% dos donos teriam menos interações com seu pet se ele tivesse mau hálito, 40% evitaria beijá-lo, 28% não daria o famoso “beijo de esquimó” e 19% não compartilharia sua cama com ele. Além disso, 33% tem medo de escovar os dentes do cão por medo de machucá-lo o que, de fato, pode acontecer se não forem tomados os devidos cuidados. O pet pode ainda acabar frustrado e com mais medo de ter seus dentes higienizados e, por vezes, com medo até mesmo do próprio dono.

Como a pasta dental com enzimas funciona

 Como já mencionado, a “Bright Dental” (nome dado à pasta dental) possui 3 enzimas, sendo que uma delas, a que não é produzida pelas células dos cães, serve como uma espécie de “campainha” que ativa as demais e então começa o processo de degradação dos restos de comida presentes na boca. Ela funciona, basicamente, em duas partes: o dono coloca uma certa quantidade da pasta (que tem sabor de galinha, o que para os cães é ótimo!) em algum tipo de petisco que ele normalmente come e, quando ele mastiga, as enzimas são ativadas e começam a trabalhar.

Essa tecnologia, por enquanto, só está disponível nos Estados Unidos e no Canadá e não substitui a escovação regular dos dentes do seu pet, por isso, procure um veterinário e converse com ele a respeito de como fazer a higienização bucal em casa, da melhor maneira possível.

 

E aí, você costuma escovar os dentes do seu pet? Deixe um comentário aqui no post sobre a sua experiência!

 

 

 

 

 

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *