Cuidados Domésticos

3 manchas comuns de gordura e como removê-las

Manchas de azeite, óleo de motor e graxa são muito comuns e parecem impossíveis de remover, mas um lava roupas enzimático com lipases pode ser a solução

Quem nunca manchou a camiseta de gordura enquanto fritava um ovo que atire a primeira pedra!

Manchas de gordura são muito temidas pois, depois que a roupa seca, elas parecem impregnar no tecido e não saem de jeito nenhum. A Novozymes, em parceria com a YouGov (empresa de pesquisa de mercado), realizou uma pesquisa global sobre detergentes que apontou que 33% dos consumidores disseram que normalmente se deparam com manchas de óleo de cozinha na hora de lavar suas roupas. Inclusive, já explicamos o porquê de ser tão difícil remover esse tipo de mancha aqui no Blog. Ficou curioso? Então acesse o post “Por que manchas de gordura são tão difíceis de remover, afinal?” e descubra o que são lipídeos e o que eles tem a ver com essas manchas!

manchas
Ovos fritos são um dos vilões quando o assunto é mancha de gordura.

De que maneira as lipases podem atuar?

Como também já explicado aqui no Blog, lipases são enzimas, ou seja, proteínas capazes de catalizar (acelerar) reações químicas específicas envolvidas na quebra de outras moléculas que, nesse caso, são os lipídeos. Os lipídeos, ou popularmente conhecidos como gorduras, são os componentes principais das manchas resultantes do manuseio de produtos como azeite, óleo de motor e graxa e, mesmo que os dois últimos exemplos passem por processos industriais que alteram a estrutura desses lipídeos, as lipases se mostram efetivas nas reações de quebras dessas moléculas.

Grande parte dos detergentes presentes no mercado possuem enzimas e elas são capazes de agir nos mais variados tipos de manchas, quebrando suas principais moléculas em “pedaços” menores. As amilases atuam na remoção de manchas de ketchup que contém amido (um tipo de carboidrato), por exemplo; as proteases geralmente atuam em manchas de produtos derivados de animais, como o leite, ou de secreções, como o sangue, cujo plasma é composto por várias proteínas.

É essa a função das lipases, quebrar as grandes moléculas de lipídeos em frações muito menores de modo que os surfactantes, principais componentes dos detergentes, possam remover esses e demais resíduos com mais eficiência, promovendo a remoção da tão temida mancha da sua roupa.

 Como proceder para remover esses 3 tipos de manchas?

 O passo a passo a seguir ensina como remover manchas de azeite, óleo de motor e graxa de uma maneira mais eficaz e simples:

  1. Sempre que sujar a roupa com esses óleos, procure seguir esse passo a passo imediatamente, antes que a mancha seque e fique mais difícil removê-la. Então, com a mancha ainda molhada, aplique um papel toalha sobre ela para tentar remover o excesso do produto. Observação: no caso de manchas de graxa, após absorver o excesso, aplique talco ou amido de milho e deixe a gordura ser absorvida por aproximadamente 30 minutos. Depois, escove a mancha, mas com cuidado para não espalhar a sujeira e não danificar o tecido e, em seguida, enxágue a roupa com água quente.
  1. Aplique um lava-roupas enzimático sobre a mancha e aguarde de 5 a 10 minutos (leia o rótulo e procure por um produto que contenha enzimas). Observação: é importante utilizar as versões líquidas já que alguns detergentes em pó podem manchar o tecido.
  2. Em seguida lave a peça normalmente na máquina de lavar usando mais detergente e seguindo as instruções de lavagem do rótulo;
  3. Antes de colocar a roupa para secar, certifique-se de que a mancha foi completamente removida pois, como já explicado, depois de seca, ela adere mais ao tecido e se torna muito difícil de remover.

Seguindo esses passos e estando atento às instruções de lavagem presentes nos rótulos dos detergentes e nas etiquetas das roupas, remover manchas de gordura nunca mais será motivo de dor de cabeça!

E você, já teve alguma mancha de gordura difícil de retirar? Conta pra gente!

 

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *